Capa / Alta Floresta / Fundação Nova Chance realiza capacitação e ressocialização de reeducandos da Cadeia Pública Municipal

Fundação Nova Chance realiza capacitação e ressocialização de reeducandos da Cadeia Pública Municipal

Bruno Felipe

Desde o ano de 2013, o município de Alta Floresta conta com o projeto ‘Nova Chance’, que tem o objetivo de colaborar no processo de ressocialização de reeducandos da Cadeia Pública Municipal. Atualmente existem 19 reeducandos contratados para realizar diversos tipos de reformas, manutenção de propriedades públicas e limpeza da área urbana do município. O projeto é idealizado pela Prefeitura Municipal em parceira com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos e Fundação Nova Chance, autonomia nacional que visa a ressocialização e intermédio de mão de obra de reeducandos.

Todas as atividades ficam a cargo da Secretaria de Infraestrutura, com a coordenação de Marcelo Rodrigues. Os critérios para participar do Projeto Nova Chance é destinado a diretoria da Cadeia Municipal, e de acordo com a lei, os reeducandos precisam possuir bom comportamento dentro da detenção, e ter cumprido pelo menos 1/6 da pena. “Não significa que ele está no projeto, ele vai ficar no projeto até o fim, aqui fora também tem que ter um bom comportamento”, disse Marcelo ao Jornal O Diário.

Além de ganhar um salário mínimo todo mês através da prefeitura, os reeducandos tem a oportunidade de trabalho com mão de obra qualificada e remissão da pena. Os reeducandos trabalham das 07 às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Marcelo explica que atualmente, o cronograma de trabalho do grupo de recuperandos está na finalização da obra do novo PSF do bairro Jardim Guaraná, que atenderá milhares de famílias daquela localidade, e a previsão de termino da obra está prevista para ocorrer em até 15 dias.

Além do salário, os reeducandos recebem alimentação e transporte. A mesma empresa que fornece a comida para a Cadeia Pública, fornece para eles in natura, além disso, eles mantém uma horta que é cuidada pelos próprios reeducandos. A horta fica localizada juntamente com a cozinha disponibilizada especialmente à eles, na Rua B-5. “O alimento que a gente coloca na mesa todo dia é tirado da nossa própria horta”, disse Marcelo.

Como eles trabalham na rua, possuem um tratamento um pouco diferenciado, onde cada um tem sua própria cama dentro da cadeia, e a alimentação é toda realizada na cozinha destinada para eles. “É porque você já trabalha num serviço desse, é cansativo, tem que no mínimo dormir bem”, disse Marcelo ressaltando que até hoje não houve nenhuma fuga por parte dos reeducandos, “Ninguém trabalha armado, a gente que trabalha com eles é um funcionário igual eles, e a nossa arma hoje é a palavra, a parceria, a educação, e o diálogo”, disse. Em lugares onde a escolta dos reeducandos trabalham armados, de acordo com Marcelo, o trabalho é oprimido, e vários problemas ocorreram devido a isto. Em Alta Floresta, segundo o coordenador, nunca ouve fuga por parte dos detentos, mesmo em muitos casos eles trabalharem sozinhos.

Segundo Marcelo, quando tem uma vaga de emprego na prefeitura, é dado a oportunidade para pessoas que ganharam a liberdade no projeto. Por exemplo, hoje existe seis ex-reeducandos ganharam a liberdade e continuam trabalhando para a prefeitura “Uma das nossas finalidades é devolver eles capacitados para o mercado de trabalho; Tem essas pessoas da prefeitura misturado com eles para profissionalizar eles”, disse ele. Apesar da existência de um pré-conceito por parte da sociedade em geral, ele acredita que projetos como esse surgem para mostrar à comunidade que, após os reeducandos ganharem a liberdade, será mais um cidadão que estará apto a viver em sociedade, “A partir do momento que essas pessoas estão no projeto você pode ter certeza que eles estão dispostos a mudar, porque está tendo essa preparação, está tendo esse entendimento”, conclui Marcelo em entrevista para o Jornal O Diário.

Projeto nova chance (14) Projeto nova chance (1) Projeto nova chance (2) Projeto nova chance (11)

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top