Capa / Alta Floresta / FINADOS: Dia ensolarado colaborou para que milhares de pessoas pudessem visitar seus entes queridos no Cemitério de Alta Floresta

FINADOS: Dia ensolarado colaborou para que milhares de pessoas pudessem visitar seus entes queridos no Cemitério de Alta Floresta

Polícia Militar registrou cinco ocorrências durante o feriado

 

Bruno Felipe Da Reportagem

Um dia ensolarado permitiu que milhares de pessoas pudessem visitar seus entes queridos com tranquilidade no Cemitério Municipal Jardim da Saudade, neste sábado (02), Dia dos Finados. O movimento dentro do cemitério já era enorme nas primeiras horas do dia e a reportagem do Jornal O Diário acompanhou a visita de muitos populares que vieram até de outros municípios para prestar homenagem aos familiares que já partiram.

Mesmo após a tradicional Missa que terminou por volta das 08h30, o fluxo de pessoas dentro do cemitério era grande. A direção do cemitério estima que mais de 10 mil pessoas tenham passado pelo local. Logo na entrada, alguns vendedores faziam a venda de arranjos de flores e também de alguns livros evangélicos. Uma empresa funerária do município realizou a doação de uma flor para aquelas pessoas que eventualmente não tinham dinheiro para adquirir as que estavam à venda.

Apesar do clima tranquilo dentro do cemitério, a Polícia Militar de Alta Floresta registrou algumas ocorrências na cidade durante o feriado. Uma delas foi de lesão corporal e ameaça. Segundo a PM, a vítima compareceu no COPOM relatando que seu marido lhe agrediu com socos e puxões de cabelo; ela disse que tentou se defender, mas não conseguiu. O suspeito também agrediu seu filho tentando enforcar o mesmo, o qual ficou com lesões visíveis no pescoço. A vítima relata que não é a primeira vez que é agredida pelo suspeito. A guarnição em rondas logrou êxito na abordagem do suspeito onde foi feita a detenção do mesmo. Ambos foram encaminhados para a DELPOL para as providencias que o caso requer.

Outra ocorrência, esta um tanto quanto atípica, aconteceu no estacionamento do Del Moro. A PM foi acionada pela central de operação, onde a vítima afirmou que seu marido teria sofrido um golpe de uma senhora identificada como cigana. No local, a guarnição se deparou com a comunicante que relatou que por volta das 12:00 horas, seu marido encontrou com a suspeita de frente ao supermercado Del Moro, na qual a mesma lhe deu algumas informações pessoais e lhe pediu segredo e que o mesmo lhe entregasse um valor de R$500,00 “para que fosse feito um trabalho” e que esse dinheiro seria devolvido uma quantia de R$200,00 no mesmo dia as 20:00 horas; a comunicante encontrou a suspeita novamente em frente ao estacionamento do supermercado e desta vez, solicitando a presença da PM, que juntamente com a suspeita foram encaminhadas a central de operações para confecção de um B.O. e posteriormente encaminhadas a Depol para devidas providências que o caso requer.  Além disso, houve ocorrências de tráfico ilícito de drogas, direção perigosa de veículo na via pública e danos materiais.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top