Capa / Alta Floresta / Mais de 20 projetos foram apresentados na 13ª Feira do Conhecimento de Alta Floresta

Mais de 20 projetos foram apresentados na 13ª Feira do Conhecimento de Alta Floresta

Bruno Felipe / Da Reportagem

Foi realizada ontem, quinta-feira (31/10), nas dependências da Uniflor, a 13ª edição da Feira Municipal do Conhecimento da Educação Básica. Cerca de 29 projetos foram apresentados e a reportagem do Jornal O Diário conferiu de perto as apresentações dos alunos. De acordo com a Secretária Municipal de Educação, Maria Iunar de Freitas Portão, a Feira foi realizada na Uniflor justamente para que os alunos criem uma certa aptidão em estar, futuramente, estudando em uma universidade. Para ela, a Feira é muito importante, pois além de transmitir conhecimento, torna os alunos mais atualizados com os acontecimentos do Brasil e do mundo. “É de suma importância não só para a escola, mas de uma forma geral para a educação do município de Alta Floresta onde nós temos a oportunidade de estar mostrando esses trabalhos que são feitos lá nos bastidores da escola e trazer para a comunidade altaflorestense ter conhecimento”, disse Iunar, em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Durante a Feira foram abordados temas como ‘O artesanato sustentável em Alta Floresta’, ‘Droga: cidadão consciente não se envolve nessa droga’, ‘Crianças na internet: um perigo silencioso’, ‘Uso inadequado do celular em sala de aula’, ‘A depressão na adolescência’, ‘O feminismo no Brasil’, ‘Comer bem para viver melhor’, ‘Desvantagens das ações humanas no meio ambiente’, ‘A poluição do Rio Santa Helena e Teles Pires da Quinta Oeste’, ‘Todos contra a dengue’, ‘Desperdício e reutilização da agua na Escola Guimaraes Rosa’,  ‘Sistema de reciclagem Eco Terapia’, ‘Perfil de mães entre 20 a 35 anos em dois bairro de Alta Floresta’, ‘As cobras mais venenosas do Brasil’, ‘A magia das cantigas de roda no mundo infantil’, ‘Bullyng no período vespertino da escola municipal Benjamin de Pádua’ e muito mais.

Os alunos Caio da Silva e Wesllei de Araújo, apresentaram o ‘Jornal Local’, projeto este que já é realizado dentro da escola Rodrigues Alves, localizada na Rodovia MT325 Km 94, desde o início do ano. Os alunos produzem matérias com assuntos que são pertinentes em sua comunidade, como os atendimentos disponibilizados na Unidade de Saúde daquela localidade. O desenvolvimento do projeto, segundo a professora orientadora, surgiu da necessidade de melhorar a comunicação entre os próprios moradores, onde através das redes sociais, o Jornal é divulgado. Nesse sentido, gravar as matérias e editar o jornal será provas de como a tecnologia pode contribuir para o processo de ensino aprendizagem. “A partir de então eles foram trazendo as informações e a cada 15 dias nós fazemos as matérias e elaboramos uma edição, hoje eles já estão mais autônomos, hoje são eles que sentam, se dividem em equipes e fazem as matérias”, frisou Paula Cristina, professora orientadora dos alunos, em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top