Capa / Alta Floresta / Com chegada do fim de ano, PM registra elevado número de condutores sob influência de álcool em Alta Floresta

Com chegada do fim de ano, PM registra elevado número de condutores sob influência de álcool em Alta Floresta

Bruno Felipe / Da Reportagem

Mal chegou o fim de ano e as ocorrências no trânsito de Alta Floresta têm sido corriqueiras. Neste período de festividades muitas pessoas acabam bebendo e pegando o volante, ação que traz grandes consequências tanto para quem dirige quanto para outros condutores. Um exemplo é o que aconteceu neste fim de semana, onde mais de cinco ocorrências relacionadas a conduzir veiculo sob influência de álcool foram registradas pela Polícia Militar.

Um dos casos mais graves aconteceu no bairro Vila Nova. De acordo com a PM, uma mulher de 50 anos foi atropelada por um motociclista que estava visivelmente embriagado. Após o choque, populares relataram a embriagues do suspeito e seguraram o mesmo até a chegada da Polícia. Ele foi encaminhado ao COPOM e posteriormente submetido ao teste de alcoolemia que apontou 0,81 mg/L, após isso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para as providências necessárias. Lembrando que o Corpo de Bombeiros esteve no local e encaminhou a vitima ao Hospital Regional. Informações obtidas pela reportagem dão conta que o estado de saúde da vitima é grave.

O outro caso foi um acidente ocorrido no bairro Parque das Nações. O fato aconteceu manhã deste domingo (08) e culminou com a prisão de um homem de 53 anos que dirigia um veículo Fiat Uno e constatado que o mesmo estava embriagado com 1,23 mg/l de teor alcoólico em seu sangue. O condutor do outro veículo foi localizado pela Polícia Militar e disse ter dado seta para entrar a esquerda quando sentiu o impacto na traseira de seu veículo. O veículo Uno foi apreendido e o motorista encaminhado à Delegacia Municipal.

Ainda no domingo, a PM registrou um acidente de trânsito no bairro Jardim das Araras. O acidente envolveu uma Bros e um Monza. Segundo a PM, o motociclista de 32 anos informou que estava parado e foi atingido pelo veículo, que transitava em zig-zag. Já o motorista do veículo, de 56 anos, disse que seguia pela avenida quando o motociclista teria invadido a sua faixa, colidindo frontalmente. Foi realizado o teste do bafômetro no condutor do veículo que apontou 1,63 mg∕l, o motociclista também assumiu ter ingerido bebida alcoólica, mas, devido ao socorro necessário não foi realizado teste do bafômetro; ele foi encaminhado ao Hospital Regional com lesões nos membros inferiores. Ambos os veículos foram apreendidos por apresentarem irregularidades em suas documentações.

Outros dois casos ocorreram quase na mesma hora. A guarnição da PM abordou um suspeito no momento em que estacionava seu veículo em um bar localizado ao final da Av. Ludovico, bastante conhecido no meio policial. Ao descer do veículo, o suspeito apresentava visível estado de embriagues. Foi realizado teste de alcoolemia que apontou 1,28 mg/L. Ele foi detido e encaminhado para a DEPOL para as providências cabíveis e o veículo apreendido devido à falta de licenciamento. Enquanto a PM fazia essa abordagem, um outro condutor estacionou seu veículo no mesmo bar. Em abordagem, verificou-se que o motorista não possuía CNH, além disso, a guarnição percebeu um grande indício de que ele poderia estar sob efeito de álcool. Com isso, foi realizado o teste de alcoolemia que apontou 0,57 mg/L. Ele foi encaminhado para a delegacia para as providências necessárias.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top