sexta-feira , julho 20 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Alta Floresta / Alunas do IFMT promoveram encontro para discutir o feminismo em âmbito municipal

Alunas do IFMT promoveram encontro para discutir o feminismo em âmbito municipal

Bruno Felipe / Da Reportagem

ENCONTRO FEMINISMOAconteceu na última sexta-feira 15, o 4° encontro do Projeto “Humanos na Ciência” promovido pelos alunos do Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT). Para a ocasião, o tema escolhido foi ‘Feminismo Ontem e Hoje’ e foi presidido pelas alunas Julia, Ludmila, Gabrielly, Cristiane e Ana Claudia do 2° e 3º ano do Ensino Médio. O encontro teve como objetivo discutir como o feminismo vem se tornando uma luta cada dia mais expressiva e necessária.

Durante o encontro fez-se uma roda de conversa, onde todos puderam partilhar experiências, inclusive as de assédio e machismo na sociedade, além da necessidade de fomentar a luta das mulheres em Alta Floresta para que não se perca recursos como a Delegacia da Mulher.

O encontro contou com a presença do vereador Mequiel Zacarias (PT) que ressaltou a importância do evento que permitiu as alunas explicarem detalhadamente o que é o feminismo, pois conforme ele explicou para a reportagem do Jornal O Diário, as pessoas olham o feminismo como o oposto de machismo, o que não é verídico, já que são coisas muitos distintas. “O feminismo é um movimento que procura trabalhar a questão da mulher dentro do espaço de uma maneira geral, da questão do empoderamento, do respeito, da valorização e da igualdade”, disse Mequiel em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

O Feminismo vem sendo discutido em âmbito nacional nos últimos tempos, colaborando com a vitória das mulheres em muitas das causas, mas é importante salientar que o feminismo é um conjunto de movimentos políticos, sociais, ideologias e filosofias que têm como objetivo comum: direitos equânimes (iguais) e uma vivência humana por meio do empoderamento feminino e da libertação de padrões patriarcais, baseados em normas de gênero.

No evento, cobrou-se também uma maior participação dos altaflorestenses no Conselho dos Direitos da Mulher (CMDM), para que a luta pela igualdade seja compreendida em todos os níveis. “Realmente chamando a responsabilidade da importância dessa discussão, do papel do feminismo dentro de uma sociedade e como ele pode ajudar tanto nós homens quanto as mulheres a encontrar um ponto de equilíbrio nos processos de relação e de valorização, de ambas as partes”, concluiu Mequiel.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top