Capa / Alta Floresta / DENGUE: Com mais de 30 casos confirmados em Alta Floresta, Secretaria de Saúde intensifica capacitações de servidores para o combate ao mosquito transmissor

DENGUE: Com mais de 30 casos confirmados em Alta Floresta, Secretaria de Saúde intensifica capacitações de servidores para o combate ao mosquito transmissor

Bruno Felipe / Da Reportagem

De acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 30 mil casos prováveis de dengue entre brasileiros foram registrados no período de 29 de dezembro de 2019 a 18 de janeiro de 2020. O Centro-Oeste é a região mais afetada pela doença, com 32,5 casos para cada 100 mil habitantes. Por conta disso, todas as Secretarias de Saúde estão promovendo ações e capacitando seus servidores para atuarem mais pontualmente ao combate do mosquito transmissor da dengue, o Aedes Aegypti. Em Alta Floresta, no final do mês passado, os Agentes de Saúde e de Endemias foram capacitados através das equipes da Atenção Básica.

Nesta quarta-feira, dia 12, foi a vez dos técnicos em enfermagem e recepcionistas de algumas Unidades Básicas de Saúde. A capacitação foi realizada no auditório do Procon e a reportagem do Jornal O Diário acompanhou de perto as palestras que foram ministradas por profissionais capacitados. O grande objetivo da capacitação, de acordo com o coordenador Claudiomiro Vieira, é de justamente intensificar os cuidados e assistência prestados aos pacientes do município e fazer o possível para evitar óbitos decorrentes da doença em Alta Floresta. “O objetivo dessas capacitações é deixar nossas equipes realmente preparadas para qualquer quadro de suspeita de dengue que surgem nas unidades, porque nós temos como meta evitar os óbitos em relação a essa doença em Alta Floresta”, disse Claudiomiro, em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Os profissionais que não puderam participar da capacitação desta quarta-feira, poderão participar da próxima capacitação que ocorrerá na sexta-feira dia 14, a princípio, também no auditório do Procon. Segundo Claudiomiro, neste ano de 2020, somente em Alta Floresta, foram registrados 36 casos confirmados de dengue. “É um número significativo, temos ainda um período de chuvas de pelo menos 90 dias, então todo o cuidado é necessário; nossa orientação para a sociedade é de que, por mais que a Prefeitura, através da Sec. de Saúde, estejam intensificando os trabalhos, a população também deve fazer a sua parte”, concluiu Claudiomiro.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top