quinta-feira , julho 19 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Artigos / Tiro e Queda – Quarta Feira

Tiro e Queda – Quarta Feira

O prefeito interino Ângelo Campos conseguiu a dilação de prazo pretendida, em 30 dias, para cumprir a determinação do MPE, que em ação junto à Justiça determinou desde o dia 4 de fevereiro o afastamento do prefeito Asiel Bezerra e do secretário de Saúde Manoel João. A decisão ainda não foi publicada no site do TJMT.

Segundo Angelo Campos, não serão necessários os 30 dias para que se cumpra a determinação, já que, dentre os itens apontados pela Justiça (a pedido do MPE) estão, a instalação de relógios em todos os postos de saúde, que já foram feitos, a determinação para que os médicos “baterem ponto” e que cumpram as 40 horas semanais nos postos de saúde e que todos os postos de Saúde e PSFs sejam compostos de médicos.

Para cumprir com esta determinação, o prefeito interino determinou a realização de concurso para a contratação de 13 médicos, sendo que 9 deles já estão alocados nos postos de saúde e a administração tem feito contatos para a nomeação dos médicos restantes. Com o concurso público,  não haverá médicos contratados por meio de contratos temporários, mas por concurso, que é muito mais interessante tanto para o município como para o profissional.

Segundo Campos, ao cumprir todas as fases da determinação, o prefeito interino irá comunicar à justiça, que poderá até determinar o fim de seu mandato.

Mas algumas atitudes o prefeito interino já tomou que mudaram consideravelmente a administração pública. A primeira foi um enxugamento da máquina com a exoneração coletiva de 11 secretários. Posteriormente foram nomeados outros sete secretários, todos funcionários de carreira, além de várias exonerações, que conforme disse em entrevista ao O Diário na semana passada, resultaram numa economia de 120 reais para os cofres públicos.

Além disso, já está na Câmara de vereadores uma proposta de reforma administrativa que extingue secretárias, junta outras e melhora ainda mais quanto à economia que pretende fazer.

O prefeito interino pretende ainda, no exercício do cargo, aumentar o numero de exonerações, chegando a uma economia ao menos perto dos 200 mil reais ao mês.

Se voltar ao poder nos próximos dias, o prefeito Dr Asiel terá uma grande dor de cabeça, se desfizer as mudanças que foram feitas, já que as medidas de afastamento de secretários e de diminuição do custo da administração pública tem agradado a parcela significativa da sociedade.

Mas isso, é para outra oportunidade, uma vez que, ao menos nos próximos dias, a ordem normal está desta forma, prefeito afastado, e interino com prazo prorrogado.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top