quinta-feira , julho 19 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Cidades / Tiro e Queda Quarta Feira 5

Tiro e Queda Quarta Feira 5

O sindicato rural de Alta Floresta deu mostras, ontem, daquilo que nós, sociedade, pedíamos há muitos anos, planejamento, no que se refere à festa agropecuária. Com nada mais nada menos dois que sete meses de antecendência foi divulgada a grade shows para a Feira de 2015. Virão para a festa, Fernando e Sorocaba (um dos maiores e mais valorizados shows atualmente no País), Calcinha Preta, Pedro Henrique e Fernando e Rio Negro e Solimões. É uma grande shows como nunca se viu em Alta Floresta. Um evento daqueles que mostra que a Expoalta não é mais apenas uma festa regional, mas sim uma exporessão estadual em termos de evento, o que muito nos orgulha.

Alem da grade de shows, o presidente do Sindicato Rural dr Celso Bevilaqua também anunciou a contratação da empresa de rodeios que, pelo segundo ano consecutivo, irá comandar o espetáculo, trata-se da Federação mato-grossense de rodeios, que é comandada pelo empresário Renato Bavaresco. Também pelo segundo ano consecutivo, uma empresa irá cuidar da praça de alimentação, ou seja, a profissionalização que sempre se cobrou, a organização que sempre almejamos e principalmente, o planejamento que marca os grandes eventos, sem no entanto perder aquele charme especial da Expoalta, que sempre marcou para a nossa cidade.

Já podemos imaginar como será daqui para o mês de maio em Alta Floresta. Muita expectativa para a feira e, nos dias do show, durante a festa, muita gente de fora nos visitando. Se cobramos sempre dos organizadores da feira o planejamento, é possível a partir de agora, então, que a cidade se planeje para receber bem os visitantes. É comum, nesta época do ano, que faltem vagas nos hotéis, tamanha é a demanda. Também neste período, é possível, mesmo que não se esteja ligado diretamente com a Expoalta, que o comercio venda mais, seja no setor de alimentação, de vestuários, de diversão. Não é 3exagero nenhum dizer que “vem gente de todo o lado”. Se até agora queríamos planejamento e antecedência nas ações dos organizadores desta que sempre foi u a grande feira, isso nós temos, agora é hora de mostrar que nós podemos nos preparar para esta festa.

O setor público também tem uma grande responsabilidade, seja na prestação de serviços de saúde, de estradas, e outros setores essenciais, mas também na área de segurança pública. Com dito, “vem gente de todo o lado”, e onde tem gente demais…

E pra finalizar, só podemos aqui é parabenizar o Dr Celso e toda a diretoria do sindicato pela forma como fizeram o lançamento, pela importância que deram à imprensa, pela expectativa que se está tendo em relação à nossa cidade, que tem se transformado ano após ano e um grande centro universitário, agora também de serviços, e em breve, com muita certeza, um polo de produção agrícola.

Mudando um pouco de assunto, partindo para a política.

Ontem na Câmara de vereadores, a possibilidade da instalação de uma CPI para investigar prováveis irregularidades com relação à construção da UPA foi novamente levantada. O vereador Paulinho Jiló, numa rápida conversa que tive com ele, me garantiu que, no dia do seu pronunciamento, ele não citou um assunto em especial, mas concordou que, no caso da UPA é possível sim criar uma Comissão da investigação. Ele disse que está conversando o presidente Emerson Machado no sentido de criar condições, quem sabe até a contratação de uma equipe que tenha know how em CPIs para ajudar nas conduções dos trabalhos. Além de Paulinho e Jiló, o vereador Rogerio Colicchio também disse que apoiará a criação de uma CPI, e acrescentou que, outras administrações, poderão ser “pegas” nas investigações. Ele referiu-se, claro, á administração do ex-prefeito Romoaldo Junior, pela “venda das áreas verdes” de Alta Floresta.

Emerson Machado emendou, “doa a quem doer”, dizendo que se houver coisa errada na administração do Dr Asiel, ou mesmo nas anteriores, no caso da ex-prefeita Maria IZaura, que os erros precisam ser identificados.

Apesar da empolgação de Emerson Machado, da afirmação de Colicchio e  da proposição de Jiló, a vereadora Elisa disse que é a favor, “só se couber” uma CPI.

Será que cabe?

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top