quinta-feira , julho 19 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Cidades / Tiro e Queda

Tiro e Queda

Pelo menos três mil pessoas participaram na noite de quinta-feira do comício em prol ao candidato Lúdio Cabral, do PT, no bairro Cidade Alta. O público é excelente, considerando o temporal que estava aprontando desde o começo da noite e que chegou justamente no momento em que o candidato iniciava seu discurso, tendo que encurtar sua fala aos eleitores.

Ainda assim o evento foi considerado muito bom pelos responsáveis pela campanha de Lúdio em Alta Floresta. Aqui no Tiro e Queda eu quero destacar dois momentos importantes  do comício e diz justamente respeito aos dois candidatos a deputado estadual (de Alta Floresta) que subiram ao palanque ao lado de Lúdio.

O primeiro destaque foi o momento em que o deputado e candidato a reeleição Romoaldo Junior – PMDB, foi falar aos presentes. Houve uma empolgação muito grande o que, há 15 dias das eleições pode ser um termômetro interessante para a sua candidatura, muito mais do que pesquisas eleitorais…

O segundo destaque é a fala do deputado estadual e candidato a reeleição pelo PT, Ademir Brunetto, que foi um grande aliado da ex-prefeita Maria Izaura Dias Alfonso, que também é candidata pelo PDT e que foi acusada por Brunetto de ingrata, por todo o trabalho que ele fez durante os anos em que ela foi prefeita e hoje disputa o mesmo espaço político. A fala revela um misto de desapontamento de Brunetto para com MIDA e também, principalmente, de preocupação, já que os votos, são os mesmos, se o povo votar em um, o outro fica chupando dedo. O dia da eleição está se aproximando e só então saberemos quem vai se dar mal nesta história.

E por falar em MIDA, não é apenas o grupo adversário que a está acusando de ingratidão. O deputado Nilson Leitão PSDB, candidato à reeleição a deputado federal também não está muito contente com a ex-prefeita, isto porque, MIDA não estaria “dobrando” com Leitão, segundo alguns correligionários do deputado sinopense, por falta de acordo financeiro. MIDA teria pedido uma certa quantia, as negociações não andaram e então a candidata teria tomado o rumo de outro apoiador/apoiado. Surgiram inclusive alguns adesivos de um candidato a deputado de Cuiabá (acho) um tal de Tampinha, mas as negociações financeiras também não prosseguiram e agora a ex-prefeita estaria carregando o nome de um terceiro candidato, e essa indecisão toda a menos de 15 dias das eleições. Nilson Leitão teria se sentido “abandonado” pela ex-prefeita. É a política.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top