Capa / Alta Floresta / Secretaria Municipal de Desenvolvimento promove diversas atividades para comemorar a Semana do Meio Ambiente

Secretaria Municipal de Desenvolvimento promove diversas atividades para comemorar a Semana do Meio Ambiente

Bruno Felipe / Da Reportagem

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento, através da Direção de Meio Ambiente, programou uma série de ações entre os dias 03 e 08 de junho para comemorar a Semana Nacional do Meio Ambiente. Entre as ações estão palestras, seminários e o 1° Descarte Solidário. O projeto ‘Descarte Solidário’ acontece entre os dias 03 a 07 de Junho na AMOCIB (Bairro Cidade Bela) e tem como principal objetivo beneficiar famílias evitando que objetos usados virem lixo e sejam descartados de forma irregular.

A ação conta com a participação da população para o descarte de materiais em boas condições de uso que serão disponibilizados para retirada por qualquer pessoa. São aceitos em condições de uso: Sofá e Móveis em Geral, Colchão, Bicicleta, Brinquedos, Roupas, Calçados, Eletrodomésticos, Eletrônicos, Utensílios de Cozinha e Livros. Além disso, são aceitos também Ração de Animais.

Fazendo parte da programação, na tarde de ontem (04/06), foi realizado o seminário de ‘Integração Técnica – Solo, Agua e Carbono na Bacia Hidrográfica Mariana 1 e 2’ no Salão Tucano localizado no Floresta Amazônica Hotel, e na ocasião, o Prefeito Asiel recebeu os técnicos da Embrapa que promoveram as discussões sobre o tema. De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Célia Castro, a realização deste seminário contribuiu para que possa ser levantado outros projetos e maneiras de fazer os pagamentos para os produtores de serviços ambientais.

O seminário foi destinado aos técnicos da secretaria de desenvolvimento e das instituições ambientalistas do município como o IOV, ICV e a Unemat. “A ideia é que a gente prossiga com esse tipo de trabalho e para isso a gente tem necessidade desses momentos porque esses técnicos que estão aqui hoje, na verdade são as pessoas que conversam com os agricultores, então a gente precisa desse levantamento e dessas informações para que no futuro a gente possa continuar com esse trabalho de estar fazendo os pagamentos por esses serviços ambientais”, disse Célia em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top