Capa / Alta Floresta / No combate ao assédio sexual, Rotaract Club de Alta Floresta iniciou a fixação de cartazes da campanha ‘Assediômetro’ em alguns estabelecimentos do município

No combate ao assédio sexual, Rotaract Club de Alta Floresta iniciou a fixação de cartazes da campanha ‘Assediômetro’ em alguns estabelecimentos do município

Bruno Felipe / Da Reportagem

Na última sexta-feira (27/10), o Rotaract Club de Alta Floresta iniciou a fixação dos cartazes alusivos à campanha do ‘Assediômetro’, que visa o combate ao assédio e a importunação sexual principalmente contra as mulheres. De acordo com os organizadores da campanha, foram fixados mais de 40 cartazes em estabelecimentos comerciais espalhados pelo município.

Wesley lima, diretor de imagem pública do Rotaract, explicou para a reportagem que os cartazes foram fixados em locais onde os crimes em questão está mais presente como em casas noturnas, por exemplo. Vale salientar que o clube ficou demasiadamente triste com um único estabelecimento que estranhamento se recusou a aderir a campanha, mesmo assim, agradeceu imensamente a todos os estabelecimentos que demostraram preocupação e aderiram à campanha. “Esses cartazes não têm custo nenhum para os proprietários dos estabelecimentos, a parceria que queremos com os proprietários é de que eles se conscientizem e solidarizem com nossa campanha e aceite a fixação dos cartazes em seus estabelecimentos”, disse Wesley em entrevista ao Jornal O Diário. Os interessados em ter um cartaz em seu estabelecimento se faz necessário apenas entrar em contato com o clube através da rede social ‘Facebook’.

Wesley explicou para a reportagem que o ‘Assediômetro’ consiste em um indicador que, com a sinalização verde, amarela e vermelha, mostra o nível de assédio provocado contra as pessoas. O sinal verde do ‘assediômetro’ está associado ao que é permitido como paquerar, aproximar e puxar uma conversa. O amarelo mostra as situações onde a pessoas insiste quando a outra diz ‘não’ ou quando alguém olha fixamente para o corpo de outrem ou até mesmo um contato físico. Já o vermelho representa o contato físico sem consentimento, ou expressões ditas como ‘Vadia’ e ‘Gostosa’, além de beijos forçados e relação sexual não consentida. Vale frisar que em situações como essa é necessário acionar a polícia, ou a vítima pode fazer a denúncia via 180, através da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top