Capa / Alta Floresta / Rede de tratamento adequado de esgoto está sendo construída no Hospital Regional de Alta Floresta; previsão para o término da obra é para daqui um mês

Rede de tratamento adequado de esgoto está sendo construída no Hospital Regional de Alta Floresta; previsão para o término da obra é para daqui um mês

Bruno Felipe / Da Reportagem

Os trabalhos para a conclusão da nova rede de esgoto do Hospital Regional de Alta Floresta estão com força total. A obra está sendo realizada pela Associação Amigos do Hospital (AAMIGHOS) e visa a melhoria das estruturas no Hospital que atende pacientes em Alta Floresta e região. A associação é composta por 14 entidades e o projeto do esgoto foi feito junto ao Rotary Club Alta Floresta, além disso, com a parceira do Ministério Público foi possível a aquisição das caixas sépticas. As caixas de tratamento chegaram ao município no dia 09 de agosto deste ano.

De acordo com o Dr. Cássio de Souza, um dos Amigos do Hospital, a obra iniciou há cerca de 90 dias e as expectativas para a conclusão é para daqui um mês. Segundo ele, a nova estrutura permitirá que os dejetos sejam despejados direto na rede de esgoto já tratado, sem o risco de contaminar o solo. Atualmente o sistema de esgoto é feito por uma fossa sumidouro, sendo que de três à quatro vezes por semana é chamado uma empresa especializada para realizar a limpeza da fossa.

Vale ressaltar que a contrapartida do AAMIGHOS saiu de um recurso arrecadado em uma festa beneficente ocorrida no mês de fevereiro de 2017, onde a população também participou e com isso também ajudará na melhoria das estruturas do hospital. O custo da obra está avaliado em torno de R$116 Mil reais, porém, devido a aquisição de materiais adicionais o montante será maior ao término da construção. Cássio frisou que será prestado contas no final do trabalho realizado.

A melhoria nas estruturas do Hospital não irá parar por aí, segundo Cássio a intensão dos AAMIGHOS é construir uma Sala de Imagens que já está sendo feita conforme as necessidades dos médicos, além de trazer inovações para o futuro. “Porque sem esse esgoto tratado nada poderá ser feito no futuro, então é para a melhoria da saúde do povo de Alta Floresta”, disse Cássio em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top