Últimas Notícias

Pimenta do Dia – Terça Feira

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran) paralisaram as atividades nesta segunda-feira (2). Eles cobram do governo do estado a realização de concurso público para a contratação de mais profissionais diante da demanda do órgão. De acordo com o Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Sinetran), houve aumento de 14% nas taxas cobradas e serviços prestados à população e o serviço não vem sendo executado a contento por falta de mão de obra.

A Secretaria Estadual de Comunicação (Secom) informou que o governo convidou o sindicato dos trabalhadores do órgão a participar de uma comissão para fazer o estudo técnico para a elaboração de edital de concurso público da categoria. Também informou que, na próxima semana, reuniões devem ser marcadas para discutir os termos constitucionais, financeiros e legais para a elaboração do edital.

Porém, o Sinetran alegou que o pronunciamento do governo de convidar representantes dos servidores para refazer os procedimentos relativos ao concurso público é uma maneira de ganhar tempo e não de resolver o impasse, já que o edital estaria pronto desde 2014 e que a comissão formada por técnicos da Secretaria de Administração (SAD) e do Detran trabalhou ao longo de mais de um ano para preencher todos os requisitos e realizar todos as etapas legais do processo.

“A população de MT paga uma das taxas mais altas do país para ter atendimento no Detran. Neste ano, houve aumento de 14% nos valores dos serviços e, em contrapartida, nenhuma melhoria na estrutura física e nenhum investimento na segurança do trânsito [foram feitos]”, diz o sindicato em um panfleto justificando os motivos da greve.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top