Capa / Alta Floresta / Forças de segurança pública reativam GGI em Alta Floresta

Forças de segurança pública reativam GGI em Alta Floresta

Bruno Felipe / Da Reportagem

Foi realizada na última terça-feira (12/03) uma reunião com algumas autoridades da segurança pública do município de Alta Floresta para a retomada das atividades do Gabinete de Gestão Integrada (GGI). De acordo com o Comandante do 9º Comando Regional da PM de Alta Floresta, Crl. Arruda, o GGI engloba todo um sistema de segurança que envolve as autoridades constituídas do município, tendo como principal objetivo resolver os problemas relativos do setor. Ele frisou que através do empenho da Polícia Militar, integrada com a Policia Civil e Poder Judiciário, será possível garantir que os números da criminalidade no município diminuam.

O GGI acolhe um novo modelo de gestão integrada da segurança, que altera, de maneira paradigmática, a forma de enfrentar a violência e a criminalidade. Segundo esse modelo, o Estado deixa de intervir apenas de forma criminalizadora e passa também a agir preventivamente, por meio de ações sociais, evitando que esse delito venha a ocorrer.

Segundo Arruda, é notório que o número de ocorrências vem decrescendo gradativamente nos últimos anos em Alta Floresta e ele atribuiu isso aos trabalhos das policias e do poder judiciário, bem como a ajuda da própria população. “Temos que trabalhar em conjunto, inclusive o GGI em determinado momento é aberto ao público também, a população de Alta Floresta pode participar de reuniões e trazer problemas que não estamos cientes para resolve-los”, disse ele.

A delegada Ana Paula Reveles disse que devido ao pouco efetivo na delegacia civil e regional, o GGI terá um peso maior para garantir bons resultados nas investigações. Segundo ela, atualmente a Delegacia Civil está com 1400 inquéritos abertos. Em 2018, Ana Paula disse que quase 500 inquéritos foram concluídos. “São números bastante expressivos que demostram uma demanda e esforço bem maior da equipe, porque o número realmente é bem aquém do que é necessário, mesmo assim conseguimos concluir muitas investigações”, salientou ela.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top