Capa / Alta Floresta / Acusado de homicídio é absolvido em júri popular; defesa comemora, “ele vai passar aniversário do filho em casa”

Acusado de homicídio é absolvido em júri popular; defesa comemora, “ele vai passar aniversário do filho em casa”

ALTAIR NERY / Da Reportagem

O agricultor Josuel Taborda, de 37 tem um motivo extra para comemorar o 4º aniversário de seu filho, graças a atuação defensiva dos jovens advogados Jonavan Oliveira e Lucas Lourenço. Ele foi absolvido durante Tribunal de Juri realizado nesta segunda-feira, 11 em julgamento que foi encerrado por volta das 21 horas. O Ministério Público pedia a condenação para o agricultor.
Josuel e Taborda e Jamil Ferreira dos Santos (que não compareceu ao julgamento), foram acusados de homicídio qualificado (três qualificadoras), após uma briga na região da Comunidade Del Rey em Carlinda no dia 20 de julho de 2003. Atuando na acusação, o MPE sustentava que o motivo era fútil e os meios utilizados excessivamente penosos, já que os dois teriam atentado contra a vitima João Ferreira de Araújo com uma barra de ferro e uma marreta.
Atuando na defesa, os advogados sustentaram, em favor de Josuel, que este aguardou por longos 16 anos para ter seu caso julgado, inclusive atendendo aos chamados da Justiça. Na segunda-feira, foi a quarta “chance” de julgamento, desta vez com um veredicto. “Por isso, razão não existiria para que os acusados voltassem para a prisão, pois o sistema penitenciário brasileiro como é sabido por todos, encontra-se falido, na realidade nasceu precário e com o tempo ficou pior”, afirmou Jonavan Oliveira ao O Diário. “Neste caso, o acusado em todos esses anos demonstrou que conseguiu reintegrar no seio da sociedade. Fato é que após 16 anos de uma espera angustiante os Réus foram absolvidos”, emendou.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top