Capa / Alta Floresta / “Casamento coletivo” marcará início das atividades do mês de aniversário

“Casamento coletivo” marcará início das atividades do mês de aniversário

ALTAIR NERY – Da Reportagem

?

A programação de comemoração do aniversário de Alta Floresta já tem o primeiro evento confirmado, o Casamento Coletivo, que neste ano acontece em sua 8ª edição mas que ocorre pela primeira vez através do “Ministério dos Casais Unidos para Sempre”, que teve a sua primeira experiência na cidade de Rondonópolis há mais de 25 anos, na prática, segundo o Pastor Lourenço Sales, foi quando a experiência começou a ser realizada não só no Estado de Mato Grosso, mas a nível de Brasil. “Depois disso, o mundo inteiro faz casamento coletivo”, comemora. Ele lembra que na primeira experiência, cerca de 800 casais oficializaram sua união. Participam do projeto, a Secretaria Municipal de Assistência Social, Cartório Dalla Riva, e Defensoria Pública. O evento será realizado no dia 11 de maio no Ginásio de Esportes.

O projeto contempla não apenas o casamento religioso, mas especialmente no civil. Aliás, o “Ministério dos Casais”, segundo o que aponta o pastor, não é voltado a uma religião em específico, sendo desta forma um evento ecumênico, na expressão da palavra, “a Palavra de Jesus diz, fazer o bem sem olhar a quem, então quando deus deu para nós esta visão, é pra fazer o bem a toda comunidade”, afirma. O ecumenismo ficou bem definido nas palavras do pastor Sales, “não importamos de que religião seja, nós queremos é que as famílias vivam bem, unida no amor fraterno de Deus”, afirmou.

O jornalista Carlos Alberto de Lima da assessoria de Comunicação da prefeitura produziu texto em que aponta a forma como os interessados poderão se beneficiar do Casamento Coletivo. Como a finalidade é o atendimento a pessoas de baixa renda, a Secretaria de Assistência Social será a responsável pela triagem desses casais que terão até a data de 31 de março para a realização das inscrições que começam a partir de 04 de fevereiro (próxima segunda-feira), na sala de Habitação da Secretaria de Assistência Social, localizada na sede da Prefeitura Municipal, no horário das 07as 13 horas.

Em relação à ida dos casais ao cartório para apresentar os documentos necessários, será combinado após a verificação dos documentos que são 2ª Via da certidão de nascimento ou casamento (se for o caso) dos noivos (Atualizada – 06 meses), Cópias da CI/RG e CPF dos noivos, duas testemunhas (maiores), deverão comparecer com os noivos, cópia da CI/RG (não autenticada), consentimento dos pais para menores, entre 16 e 18 anos (noivo ou noiva), os pais deverão comparecer com cópia da CI/RG (não autenticada), comprovante de endereço e documento atual que comprove situação de divorciado (a) ou de viuvez.

A partir dessa triagem os inscritos com o perfil necessário para o casamento coletivo serão direcionados ao cartório Dala Riva para efetivar a sua participação no casamento coletivo, observando que o cartório atenderá apenas dois dias por semana (4ª e 5ª), informou a funcionária Vanessa Lopes de Oliveira da Secretaria de Assistência social.

A Secretária de Assistência Social e primeira dama Luzmaia Quixabeira agradeceu à participação do “Ministério dos Casais Unidos para sempre” e afirmou que a procura está dentro das expectativas, no entanto alertou para o fato de que os interessados terão que cumprir os requisitos de documentação exigidas, “O (equipe do) cadastro auxilia nesta documentação necessária e essa documentação é enviada pro cartório, muitas pessoas as vezes tem dificuldades porque a documentação tem que vir de outros estados, o que tem dificultado um pouco, mas na medida do possível está tudo bem”, comemora. O mês de maio foi escolhido propositalmente, por ser mês de aniversário de Alta Floresta e também por ser considerado o mês das noivas.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top