Capa / Alta Floresta / Recepção do Hospital Regional de Alta Floresta está interditada para manutenção; atendimentos estão sendo feitos normalmente em uma sala ao lado

Recepção do Hospital Regional de Alta Floresta está interditada para manutenção; atendimentos estão sendo feitos normalmente em uma sala ao lado

Bruno Felipe / Da Reportagem

O Hospital Regional de Alta Floresta está realizando uma manutenção nas estruturas de sua recepção, por conta disso, o local foi interditado e os atendimentos prévios como a triagem estão sendo realizados na recepção que atende os visitantes de pacientes internados, localizada bem ao lado da primeira recepção. O trabalho é lento, mas o serviço não para, sendo que a previsão para o término da manutenção é para daqui 30 dias.

De acordo com o diretor do H.R. José Marcos, a princípio foi feito uma limpeza geral já que no local havia um odor que incomodava os pacientes, bem como toda a equipe médica, além disso, foi retirado alguns revestimentos e feito a desobstrução do telhado para a limpeza e troca do forro. “Vamos colocar em funcionamento em breve já com algumas adaptações para a área de triagem, de assistência social, para estar mais próximo do paciente e para que o atendimento possa melhorar ao nível de informação”, disse José em entrevista ao Jornal O Diário.

Ele ressaltou que ao verificar uma pesquisa de satisfação dos usuários observou que muitas pessoas ficam sem saber informações sobre os familiares que estão internados, sendo que a entrada muitas vezes não é permitida porque o paciente ainda está em tratamento, mas de toda forma é preciso informar o familiar e com a nova manutenção, um novo sistema será criado para que isso se resolva por completo.

Os atendimentos aos visitantes de pacientes que estão internados no H.R. ocorrem normalmente, sendo que os horários para visitação são das 13h30 até as 14h30 e das 19h30 até as 20h30. “Nós buscamos adequar esses horários até porque não é possível que tenhamos uma visita permanente que seria o ideal, mas o serviço não permite muitas pessoas no mesmo ambiente”, ressaltou José. Vale lembrar que todo o recurso para esta manutenção é oriundo do próprio Governo do Estado.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top