Capa / Alta Floresta / ‘Sustentabilidade’: Hamoa Resort Residencial investiu em sistema de captação de energia solar para aquecer piscinas infantis do parque aquático

‘Sustentabilidade’: Hamoa Resort Residencial investiu em sistema de captação de energia solar para aquecer piscinas infantis do parque aquático

Bruno Felipe / Da Reportagem

Visando a melhoria de vida dos condôminos, o Hamoa Resort Residencial implantou um aquecimento nas piscinas infantis através de sistema de captação de energia solar. De acordo com o atual sindico Gélcio José Silveira, todo esse investimento foi custeado com o dinheiro em caixa, sem afetar a reserva de capital. Além disso, a nova melhoria não terá custo adicional na taxa mensal de condomínio que desde a inauguração é o valor de R$ 439,00 sendo que nesse valor está incluso o fundo de reserva.

“Hoje a diretoria e administração do Hamoa tem um foco muito simples que é manter a qualidade, trazer novos investimentos que venham abrilhantar mais o nosso condomínio e principalmente tratar com muito respeito o dinheiro de todos os nossos condôminos”, disse o síndico em entrevista ao Jornal O Diário.

As melhorias feitas no condomínio inspiraram a diretoria do Hamoa a buscar a viabilidade de um centro de captação de energia solar ainda maior e que possivelmente poderá ser melhor aproveitado por se tratar de uma captação de energia limpa. A ideia é construir o sistema em todas as áreas comuns existentes no condomínio. Vale ressaltar que atualmente além das piscinas infantis, o Hamoa conta com aquecimento nas hidros e no espaço rilex.

Gélcio ressaltou que ideia de implantação já está sendo colocada em prática e os administradores estão atualmente avaliando quantas placas solares serão necessárias para a captação, os espaços para a colocação correta das placas e qual energia que será gerada. Conforme ele salientou, é esperado o retorno do investimento em até três anos, contudo, o projeto em questão tem durabilidade de até 25 anos. “Isso vai fazer mais do que nunca que nossos custos de condomínio e a necessidade de aumentar a taxa condominial reduza, inclusive para os próximos síndicos”, salientou Gélcio.

De acordo com o gestor comercial Joel Ricardo, todos os membros da administração são voluntários eleitos através de assembleia e mesmo não sendo remunerados para isso demonstram um nível de gestão altíssimo e a preocupação com o bem comum a todos os proprietários. “Isso é motivo de orgulho para nós; a empreendedora tem como procedimento padrão na entrega de seus condomínios, oferecer um suporte técnico gratuito para auxiliar na gestão, através da experiência adquirida em outros empreendimentos, com o objetivo de auxiliar a gestão do condomínio, como uma espécie de consultoria”, disse Joel em entrevista para a reportagem do Jornal O Diário.

Ele ressaltou que cada espaço criado no empreendimento contempla também o planejamento de operacionalização. “O resultado prático desse cuidado no planejamento do produto é o que possibilita uma gestão leve, com dimensionamentos financeiros precisos que resulta em taxa de condomínio barata e possibilidade de investimentos como este, sem comprometimento de reserva de capital”, concluiu ele.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top