Capa / Alta Floresta / Mais de 150 pessoas passaram pela ‘Carreta da Hanseníase’ somente no primeiro dia de atendimento em Alta Floresta

Mais de 150 pessoas passaram pela ‘Carreta da Hanseníase’ somente no primeiro dia de atendimento em Alta Floresta

Bruno Felipe / Da Reportagem

Vindo para prestar assistencialismo as pessoas que obtiveram diagnóstico suspeito da hanseníase, o caminhão itinerante da Roda Hans, conhecido como ‘Carreta da Hanseníase’, chegou há dois dias em Alta Floresta e somente nesta quarta-feira 19, atendeu aproximadamente 150 pessoas. A informação foi confirmada pelo fisioterapeuta André de Brito que acompanhou toda a ação juntamente com a Dermatologista especialista em hanseníase Dr. Maria Kátia, que veio da cidade do Rio de Janeiro para ajudar no atendimento. A reportagem do Jornal O Diário acompanhou parte da ação nesta quinta-feira 20.

De acordo com André, a finalidade desta carreta é atender as pessoas com o diagnóstico de hanseníase, sendo que através de uma abordagem e um olhar clínico da médica especialista, bem como dos profissionais capacitados, conseguiram diagnosticar três novos casos da doença dentre os pacientes atendidos. Ele salientou que os demais pacientes apresentaram diagnósticos de outros tipos de doenças tais como micose e psoríase. Estes pacientes foram orientados a procurar as UBS para dar andamento ao tratamento para suas respectivas doenças, sendo que a maioria já saiu da Carreta com a receita médica em mãos.

André explicou que os três pacientes confirmados com hanseníase já iniciaram o tratamento e tomaram a dose supervisionada. Essa dose elimina em até 15 dias a probabilidade de transmissão da doença.  “Essa carreta é muito importante porque ela consegue diferenciar as outras doenças; além disso, junto com a médica especializada, os médicos estão aprendendo a ver a hanseníase, estão os capacitando-os e fica mais fácil para eles atenderem a população depois de quando a carreta for embora”, disse o fisioterapeuta em entrevista ao Jornal O Diário.

Vale ressaltar que a Dr. Kátia chegou ao município nesta segunda-feira 17 e realizou uma capacitação para os servidores da saúde municipal, onde ministrou palestras orientativas e informativas sobre o diagnóstico precoce da hanseníase. A maioria dos profissionais ajudaram no atendimento aos pacientes da Carreta da Hanseníase.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top