quinta-feira , julho 19 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Alta Floresta / Governo libera recurso para construção das casas populares

Governo libera recurso para construção das casas populares

Cadastros das famílias inscritas estão sendo enviados, diz diretor de habitação

Bruno Felipe / Da Reportagem

A Secretaria de Assistência Social por meio do Departamento de Habitação está nos transmitis finais em direção a concessão do recurso para dar início nas obras das casas populares, que serão entregues a famílias carentes do município de Alta Floresta. Conforme informações apuradas pela reportagem do Jornal O Diário, o departamento havia mandado toda a documentação para a construção das casas, porém o governo não abriu portaria para permitir a liberação do recurso. Na semana passada, o diretor de Habitação Bernardo Patrício, recebeu uma ligação de Brasília, onde foi informado que o recurso foi liberado, mas em nível nacional. Isso representa que quem estiver com a documentação em dia no Ministério das Cidades e que estiver entregado primeiro, o montante será liberado.

Em entrevista ao Jornal O Diário, Bernardo disse que toda a documentação necessária já foi enviada, além disso, aproximadamente 250 cadastros também já foram enviados, segundo ele para que não se perca o recurso. Conforme ele explicou para a reportagem, nesta semana os responsáveis solicitaram documentos detalhados como analise de áreas, coordenadas geográficas, além de fotografia recente da área que será construída as casas. Após o envio, Bernardo explicou que dentro de 15 a 20 dias o engenheiro da Caixa Econômica Federal (empresa financiadora) irá visitar Alta Floresta para vistoriar a área a fim de deixar apto para dar início às obras. “Estamos trabalhando, acelerando para que a gente envie o restante no mais tardar até segunda-feira”, disse Bernardo em entrevista ao Jornal O Diário

Sobre a demora na entrega das casas populares, o diretor de habitação explicou que no começo, em conversa com o prefeito, ele sugeriu a doação dos lotes para as famílias construírem suas casas, mas o prefeito insistiu nas casas populares e no final do ano uma votação na Câmara de Vereadores foi necessária, dando sequência às etapas.

Conforme Bernardo, serão construídas 412 unidades habitacionais e a área para a construção está localizada no Parque das Nações, entre os bairros Cidade Bela e Vila Nova; após o término das obras o local passará a se chamar Residencial Alvorada.

Bernardo garantiu que as famílias foram todas escolhidas a partir dos critérios estabelecidos como ser mulher chefe de família; mulher com maior número de filhos; pessoas com deficiências; idosas e também pessoa com doenças crônicas. Além disso, ele explicou que quem deseja participar do programa habitacional do município, é necessário adquirir o Cadastro Único, que pode ser realizado no CRAS Casa da Família. O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias brasileiras em situação de pobreza e extrema pobreza. É importante lembrar que caso a pessoa já possua o cadastro é necessário sempre deixa-lo atualizado.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top