Últimas Notícias

Alta Floresta participa da Campanha Hanseníase, Verminose e Tracoma

Carlos Alberto de Lima/Assessoria Prefeitura Municipal

A Secretaria Municipal de Saúde de Alta Floresta, por meio do seu departamento de Atenção Básica, está desenvolvendo, com início neste mês de maio, a “V Campanha Nacional de Hanseníase, Verminoses e Tracoma”, proposta pela Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (SVS/MS).

A Campanha tem por objetivo a identificação, nas escolas, de casos de hanseníase, realização de tratamento quimioprofilático de verminoses, diagnosticar e tratar o tracoma, em crianças de 5 a 14 anos, da rede pública de ensino.

Para detectar os casos de hanseníase é utilizado um formulário denominado ficha de autoimagem, o qual os estudantes levam para casa dos pais ou responsáveis e o devolvem à escola. As fichas são triadas pelos profissionais de saúde e os casos com lesões suspeitas de hanseníase são encaminhados à unidade de saúde para confirmação diagnóstica e tratamento.

Para o tracoma, os escolares são submetidos ao exame ocular externo realizado por profissionais capacitados e os casos positivos bem como seus contatos domiciliares também são encaminhados para tratamento.

No ano de 2018, em muitos municípios participantes, inclusive Alta Floresta está sendo realizada a quinta dose do tratamento quimioprofilático, com vistas à redução da carga de infecção por geohelmintos por meio da administração de Albendazol 400 mg em dose única.

 Para maior efetividade da Campanha, a enfermeira da Atenção Básica, Ligia Piton, solicita a cooperação dos pais no preenchimento dos impressos que os estudantes levarão para casa, uma vez que sem o preenchimento dos mesmos, os profissionais de saúde ficam impossibilitados de realizar a campanha. A meta para 2018 em Alta Floresta é de 8.000 alunos avaliados e medicados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top