Últimas Notícias

Alunos da UFMT fazem greve contra mudanças na refeição em Sinop

Alunos da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) começaram uma greve estudantil desde sexta-feira (20) contra mudanças na refeição do Restaurante Universitário (RU) de Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Segundo os estudantes, o movimento segue até quinta-feira (26), quando eles devem se reunir com a reitoria da universidade. Até lá, eles não comparecem às aulas e não permitem a entrada de carros na UFMT.

De acordo com o estudante Adriel Rigote, atualmente o RU custa R$ 2,25 por dia. Os alunos têm direito a pagar R$ 0,25 no café da manhã, R$ 1 no almoço e R$ 1 na janta.

“Esse aumento foi proposto inicialmente a R$ 9,98 para pagarmos de R$ 1 a R$ 9,98. É um pouco puxado porque temos cursos que duram durante todo o dia, alunos de classe baixa e não conseguem subsidiar e se manter na faculdade e ainda pagar aluguel”, relatou Rigote.

ufmt-protesto

Os estudantes bloquearam a guarita da UFMT, colocaram pneus e faixas em protesto. Eles não permitem que nenhuma pessoa entre na instituição de carro, apenas a pé.

“Queremos o direito de pagar um valor mais justo e simples. Boa parte deles [dos universitários] vai ter que ir embora porque não vai conseguir se manter”, completou o estudante. (G1/MT)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top