Últimas Notícias

Criança de quatro meses morre por negligência e maus tratos dos pais

Drogados e já bastante conhecidos da polícia na cidade de Campo Novo do Parecis, Weverton David Ferreira da Silva, 18 anos e A.S.S, 17 anos, foram presos no início da noite de segunda-feira.

A Polícia Judiciária Civil de Campo Novo do Parecis (396 km a Noroeste) realizou prisão e apreensão em flagrante de um casal por homicídio doloso praticado contra a filha deles, de apenas 04 meses de idade, morta na segunda-feira (16).

Drogados e já bastante conhecidos da polícia na cidade de Campo Novo do Parecis, Weverton David Ferreira da Silva, 18 anos e A.S.S, 17 anos, foram presos no início da noite de segunda-feira. A prisão não foi por mais um roubo para a compra de drogas, mas pela morte da filha do casal, Emilly Vitoria Ferreira da Silva, de apenas 4 meses de idade. A criança morreu pela negligência dos pais, que a deixavam sem se alimentar para ficarem usando todos os tipos de drogas como cocaína, pasta base e crack e bebidas alcoólicas. Além disso batiam na criança devido ao choro de fome.

A criança deu entrada no hospital de Campo Novo do Parecis já morta. Os médicos ao examinarem perceberam vários hematomas no corpo da menina e por isso acionaram a Polícia Civil e o IML. Dados periciais preliminares de necrópsia, apontam que a menina Emilly Vitoria Ferreira da Silva foi vitima de hipoglicemia que acarretou parada cardíaca em decorrência da falta de alimentação.

Em investigação, a Polícia Civil foi até a residência da criança, onde vizinhos informaram que eram constantes as cenas de maus tratos aos filhos. Além de Emilly, o casal tem outro filho, um menino de 1 ano e 8 meses.

Conduzidos à delegacia, os suspeitos apresentaram versões desencontradas culpando um ao outro pela morte da criança.

De acordo com o delegado Adil Pinheiro de Paula, os pais devem responder por homicídio doloso em razão da assumirem o risco com a negligência deles de matarem a criança.

“Um bebê de 04 meses não tem reserva calórica para ficar muito tempo sem se alimentar. Além disso, as agressões físicas culminaram em gasto energético e fragilização maior, o que contribuiu para a baixa glicêmica e posterior parada cardíaca da menina”.

Na residência dos suspeitos foi encontrado cachimbo para pasta base de cocaína.

O caso segue em investigação pela Polícia Judiciária Civil de Campo Novo do Parecis (24HorasNews)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top