Capa / Alta Floresta / Campanha de vacinação contra H1N1 é adiada, MT já tem casos suspeitos

Campanha de vacinação contra H1N1 é adiada, MT já tem casos suspeitos

Kariny Santos

vacinas

A campanha de vacinação contra o vírus H1N1, propagador da Influenza tipo A, iria iniciar neste dia 16 de abril, mas, conforme as informações repassadas pela enfermeira Fernanda Santos, responsável pelo departamento de Vigilância Epidemiológica municipal, o Governo Federal ainda não repassou as doses e a campanha foi adiada para os meados do dia 23 de abril.

            Alta Floresta até esta quarta-feira 11, ainda não registrava nenhum caso de suspeita de Influenza no município, o estado de Mato Grosso conforme a Secretaria de Saúde já recebeu a notificação de 42 casos suspeitos. Desse total, estão em acompanhamento e sob a investigação pela vigilância 21 casos suspeitos de gripe influenza com o vírus H3N2, que já circulou nos Estados Unidos e agora está no Brasil.

“Nós temos a previsão de chegada da vacina por volta do dia 20 a 23 de abril que é a previsão inicial da campanha, que como já foi dito a nível nacional tinha uma expectativa de iniciar agora dia 16 de abril e, no entanto ela foi adiada para o dia 23 de abril a primeiro de junho sendo 12 de maio, no caso um sábado dia D onde haverá movimentação maior da Influenza”, explicou a enfermeira.

            As pessoas que deveram receber a vacina são crianças com menos de seis anos, gestantes, mulheres de resguardo pós-parto com até 45 dias, idosos, indígenas, a população carcerária, profissionais da área de saúde, bem como os pacientes portadores das doenças crônicas degenerativas, mediante avaliação médica, entre elas os diabéticos, hipertensos, pessoas com doenças respiratórias nos casos de asma, bronquites, entre outras.

            Ainda não se tem uma expectativa de quantas doses o município receberá, com as confirmações de óbito, o grande medo dos profissionais é que a população se ‘desespere’ como foi no ano de 2016 onde a procura pela medicação teve uma grande alta nas unidades de saúde, “no município de Alta Floresta não se tem nenhuma comunicação para a vigilância de algum caso suspeito em andamento”, destacou Fernanda.

Os sintomas da gripe H1N1 são semelhantes aos causados pelos vírus de outras gripes. No entanto, requerem cuidados especiais à pessoa que apresentar febre alta, acima de 38º, 39º, de início repentino, dor muscular, de cabeça, de garganta e nas articulações, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço e ausência de apetite. Em alguns casos, também podem ocorrer vômitos e diarreia.

Apesar de não ter ainda disponível na rede pública, as unidades particulares já possuem a vacina, que estão sendo comercializadas por cerca de R$ 120,00 (cento e vinte reais em moeda corrente).

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top