Capa / Alta Floresta / Febre Amarela: Especialista em Alta Floresta afirma que não existem casos registrados no município

Febre Amarela: Especialista em Alta Floresta afirma que não existem casos registrados no município

Bruno Felipe

adolescente-de-14-anos-morre-de-dengue-hemorragica-em-mtUm surto de Febre Amarela em alguns estados do Brasil tem preocupado moradores altaflorestenses. Notícias vinculadas pela mídia nacional tem mostrado um elevado índice de casos de Febre Amarela em estados como São Paulo e Minas Gerais. Mas, de acordo com Antônio Vieira dos Santos, Técnico do Departamento da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Alta Floresta, os moradores do município podem ficar tranquilos quanto a essa questão, pois nenhum caso de febre amarela foi registrado em Alta Floresta. Ele pede para que a população não se preocupar em relação á disponibilidade de vacinas caso seja necessário, pois o estoque já esta completo em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) espalhadas no município.

De acordo com o Ministério da Saúde, uma única dose da vacina é suficiente para que o indivíduo fique imunizado pelo resto da vida. Quanto á dose de reforço, Antônio disse que desde o mês de Abril do ano de 2017, o Ministério da Saúde retirou a necessidade desta dose para 19 estados do Brasil, incluindo Mato Grosso, pois a dose única já garante imunidade total. Para as pessoas que já tomaram a vacina e desejam realizar uma viagem para áreas consideradas de risco, Antônio alerta que essas pessoas sim, devem ser vacinadas novamente para que a imunidade seja garantida, sendo possível a comprovação através da carteira de vacinação.

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida por mosquitos. A infecção pode ser categorizada de duas formas: febre amarela urbana, quando é transmitida pelo Aedes aegypti; ou febre amarela silvestre, quando transmitida pelo Haemagogus e Sabethe (outros gêneros de mosquito transmissor).

Na maior parte dos casos, os sintomas incluem febre, calafrios, perda de apetite, náuseas, dores de cabeça e dores musculares principalmente nas costas. Em casos mais graves podem causar doenças cardíacas, hepáticas e renais fatais. Não existe um tratamento específico para a doença, mas os esforços são concentrados no controle dos sintomas e na limitação das complicações. Além disso, é indispensável que a vacinação seja realizada através das Unidades Básicas de Saúde.

A vacina da febre amarela é segura e eficaz, além de garantir imunidade de 95% a 99%. Porém é contraindicada para alguns grupos como os pacientes com imunodeficiência primária ou adquirida; Indivíduos com imunossupressão secundária à doença ou terapias; Pacientes em uso de medicações anti-metabólicas ou medicamentos modificadores do curso da doença; Transplantados e pacientes com doença oncológica em quimioterapia, entre outros.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top