Capa / Alta Floresta / Casos de Dengue, Chikungunya e Zika tem queda de 60% em 2017 comparado á 2016

Casos de Dengue, Chikungunya e Zika tem queda de 60% em 2017 comparado á 2016

Kariny Santos

Da Reportagem

O município de Alta Floresta registrou em 2017 uma queda de 60% nos casos confirmados de Dengue, de Chikungunya e Zika, as três doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, em comparação ao mesmo período de 2016. Os dados foram repassados pelo coordenador da vigilância ambiental do município Silvio Cardoso, “a gente trabalhou o ano todo com o índice abaixo de 2% então a gente considera tranquilo visto o tamanho do nosso município”, destacou.

Em 2016 a secretaria notificou mais de mil casos, confirmando mais de quinhentos deles como uma destas doenças vetoriais; Já em 2017 o órgão notificou cerca de seiscentos casos suspeitos, tendo a confirmação de duzentos. O numero de notificações por focos também diminuiu, tendo alguns casos já notificados em 2018 “na época da chuva é normal que os índices de infestações aumentem, temos sim a presença dos vetores em todos os bairros da cidade, a gente tem tentado manter a sociedade bem tranquila relacionada a isso, não é só no período da chuva, mas a gente trabalha o ano todo”, explicou Silvio. Segundo ele, essa diminuição deve-se a vários fatores, como a conscientização da população em não deixar lixos e recipientes que possam acumular agua.

Além da presença constante do agente ambiental que realiza em todo município um serviço que consiste em uma visita a cada 45 dias nas residências, comércios e todos os tipos de imóveis de todo município, onde ao detectar criadouros os profissionais utilizam de produto químico para eliminar os focos, atualmente a vigilância conta com 16 agentes, “são vários fatores que contribuem para esta situação, a população hoje está bem informada sobre o aedes aegypti, e tem nos ajudado muito no nosso trabalho, só o trabalho do agente não é suficiente para que a gente fique livre destas doenças”, ressaltou.

Com o surto de casos das doenças: Dengue, Zika e Chikungunya em todo o país em 2015/2016 a prefeitura de Alta Floresta realizou um Mutirão de Limpeza como plano emergencial de combate a infestação do mosquito Aedes aegypti, a campanha foi realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura que passou por todos os bairros do município para o recolhimento do lixo seco, e todo tipo de entulho que pudesse ser criadouros do mosquito, além da emissão de inseticidas, através do carro ‘fumacê’, ações essas que colaboraram com a diminuição desse índice.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top