quarta-feira , julho 18 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Alta Floresta / Colégio Militar: Moradores e comunidade escolar são contra instalação

Colégio Militar: Moradores e comunidade escolar são contra instalação

700033Foi realizada na manhã desta terça-feira 09, uma reunião na escola Vicente Francisco, localizada no bairro São José Operário, com representantes da Educação e pais de alunos, com o intuito de debater sobre a implantação do Colégio Militar em Alta Floresta. Anunciado no final de 2017, o local definido para a implantação do colégio é onde funciona atualmente a escola Vicente Francisco. Os pais de alunos do bairro posicionaram-se contrários, já que em torno de 230 alunos matriculados atualmente precisarão sair do bairro para estudar.

De acordo com o diretor da Vicente Francisco, Ozias Pego, não existiu nenhum ofício esclarecendo a implantação do Colégio Militar nas dependências da escola. Segundo ele, houve apenas uma visita de representantes da Seduc-MT (Secretaria de Estado de Educação Esporte e Lazer), Corpo de Bombeiros e da vice-prefeita Marineia da Silva Munhoz, mas nada havia sido discutido naquela oportunidade com a comunidade escolar.

A reunião convocada por Ozias, contou com a participação do conselho municipal de educação, alguns pais de alunos e também representantes do Sintep-MT (Sindicado dos trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso). Ilmarli Teixeira, atual presidente da subsede do Sintep do município, disse à reportagem do Jornal O Diário, que o sindicato não é contra a instalação do colégio no município, mas sim, contra a forma que está sendo instalada na escola.

“Não houve o debate com a comunidade escolar, simplesmente fizeram uma visita para possivelmente, à curto prazo, fazer a locação da escola para o atendimento desse outro modelo de educação”, disse Ilmarli. De acordo com ela, a comunidade escolar não aceita que a Vicente Francisco perca a sua identidade de escola pública municipal. “O Sintep-MT orienta que a educação pública é gratuita, laica e de qualidade, portanto se pretendem instalar a Escola Militar em Alta Floresta que busquem um outro espaço e não uma escola com uma identidade igual a do bairro São José Operário”, explicou Ilmarli. Atualmente a escola Vicente Francisco recebe alunos do ensino educacional do pré 1 até o sexto ano, nos períodos matutino e vespertino.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima quinta-feira 11 às 18:00h, com intuito de saber a opinião da comunidade referente ao assunto.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top