Últimas Notícias

Sinop: crise na administração, Obras e Saúde em greve

Os servidores das secretarias de saúde e obras de Sinop decidiram iniciar uma greve na próxima segunda (8). Eles paralisaram as atividades nesta terça (2), e realizaram um manifesto em frente à prefeitura, no centro da cidade para reivindicar valorização profissional, equipamentos segurança, insalubridade para as merendeiras e até uniformes.

Conforme o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (SSPMS), Adriano Perotti, um ofício foi encaminhado para a prefeita Rosana Martinelli (PR), informando que a greve será por tempo indeterminado. “Se a gente abaixar a cabeça e dizer que está bom a tendência é só piorar, não somos inimigos da prefeitura e da prefeita, nós queremos respeito”.

Greve SinopEm dezembro a classe já havia paralisado os serviços e também protestaram em frente à sede do Executivo. Eles solicitaram um aumento salarial de 7%, contudo a prefeitura encaminhou ao Legislativo um Projeto de Lei (PL), apenas com a reposição de 1,95% referente ao RGA, também foi aprovado o aumento de R$ 15 reais no vale alimentação, passando de R$ 150 para R$165.

Perotti criticou a decisão do Executivo em não atender os pedidos feitos pelos trabalhadores e afirma que não houve um diálogo entre os interessados. “Se tivesse havido bom senso, sentado e negociado, se não tivesse mau tratado os servidores, nós não estaríamos aqui hoje”.

Por outro lado a prefeitura informou que respeita qualquer tipo de manifestação dos servidores, que houve abertura para o diálogo e acolhimento dos pedidos da categoria visto que foram realizadas inúmeras reuniões visando discutir a pauta de reivindicações e as melhorias pleiteadas, além de afirmar que algumas demandas elencadas pelo sindicato já foram atendidas ou estão em andamento, em consonância com a capacidade financeira do Executivo municipal.

Sobre o reajuste salarial e o aumento do vale alimentação, a prefeitura alegou estar de acordo com o INPC, que é o mesmo índice utilizado nos anos anteriores. Já sobre o vale, o percentual supera a inflação registrada no ano, cuja prévia de 2017 foi acima de 2%. O Executivo também afirmou que será adquirido novos uniformes neste primeiro semestre e também será realizado cursos de formação.

 Fonte: RDnews

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top