Capa / Alta Floresta / Fim de ano violento: mais um homicídio é registrado em Alta Floresta

Fim de ano violento: mais um homicídio é registrado em Alta Floresta

AAAAAAAAMais um homicídio foi registrado em Alta Floresta desde que teve início a operação de final de ano, é a 5ª morte com ato de extrema violência. Desta vez a vítima foi Geovagner de Souza, 20 anos, que segundo as primeiras informações, teria sido atingido por golpes de faca em sua residência, na rua LN5, no Setor Industrial, hoje  por volta das 14 horas. Geovagner é sobrinho do presidente do Sispumaf, Sindicato dos Servidores Públicos de Alta Floresta, Rogerinho da Saúde. Em sua página pessoal, Rogerinho deixou uma mensagem póstuma, “Deus sabe que eu fiz tudo possível para mudar sua história meu sobrinho”.

Um incêndio, registrado no setor Boa Esperança, pode ter ligação com o caso. Há a suspeita de que a pessoa apontada como autora das facadas contra Geovagner, more na residência. A polícia deverá investigar se não foi uma forma de retaliação.

Outras ocorrências – na noite desta quinta-feira, 28, Eula Paula Melo da Fontoura, 20 anos, foi morta com um golpe de faca no pescoço na rua H11, setor Industrial. O ex-companheiro, Josemar Barbosa da Silva, 31, foi apontado como sendo o autor do golpe fatal e em seguida, já em sua residência, na mesma rua, teria cometido o suicídio.

Uma semana antes, no dia 21, Cleonice Lopes de Oliveira, 37 anos, foi executada dentre de sua residência no bairro Vila Rica, após quatro homens encapuzados invadirem a casa e cometerem o crime. O filho de Leonice, de 16 anos, conseguiu atingir com uma enxada um dos autores do crime e após derrubá-lo, desferiu vários golpes contra a cabeça, com a enxada e com uma balaústra que estava próxima. Lucas Gabriel Koop dos Santos, de 16 anos, morreu em decorrência dos golpes.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top