Últimas Notícias

Pirataria: Venda de óculos falsificados cresce em Alta Floresta

Bruno Felipe

OCULOS PIRATA

Em todas as estações do ano faça chuva ou faça sol, os cuidados com os olhos devem ser sempre mantidos. Os raios ultravioletas são os maiores vilões da visão. Por isso, é preciso manter um cuidado especial; Nessas horas os óculos de sol são sempre bem-vindos, mas atenção: a falsificação desses produtos ou lentes de baixa qualidade podem acarretar problemas visuais, por isso os cuidados devem ser redobrados; É preciso ficar de olhos abertos na hora de escolher o produto ideal.

Um levantamento feito pela Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF) e venda de óculos falsificados cresceu 25% desde o ano passado. Segundo alguns especialistas, o numero não para de crescer.

No município de Alta Floresta não é difícil encontrar esses óculos em pequenos comércios do grande centro. Enquanto em algumas óticas especializadas o preço mínimo de um óculos original não sai por menos de R$200,00, os de procedência duvidosa não ultrapassam os R$20,00.

Existem alguns raios ultravioletas que nossos olhos não podem enxergar, mas podem sentir seus efeitos. “Se você estiver usando óculos escuros de procedência duvidosa no rosto, vai passar mais raios UVA e UVB para dentro dos olhos onde acarretara em uma catarata”, explicou o optometrista Maicon M. Sauer. De acordo com ele, os raios podem penetrar no corpo e causar muitos outros danos à saúde. “É preciso ficar atento e em caso de duvidas perguntar. Em óticas, por exemplo, existem maquininhas que verificam a procedência de óculos, isso ajuda muito na hora da compra”, advertiu o especialista.

Proprietários de óticas da região de Alta Floresta também ficam preocupados quanto à questão das falsificações. Legalizados e incomodados com a situação, os comerciantes buscam levar a informação da garantia de seus produtos para os consumidores.

Enquanto grandes comerciantes e alguns especialistas alertam sobre a saúde da população, outros estão preocupados apenas em ganhar dinheiro. No final das contas a solução é manter-se longe de óculos onde não é possível reconhecer a procedência. “Ficar sem os óculos pirateados é menos prejudicial do que apenas usá-lo”, afirmou Dr Maicon.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top