segunda-feira , julho 16 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Alta Floresta / ELEIÇÕES 2018: Edinho Paiva diz ter convicção de candidatura

ELEIÇÕES 2018: Edinho Paiva diz ter convicção de candidatura

15590153_1360938823940246_5061391576674329361_nFaltando menos de 20 dias para iniciar o ano de 2018, que será marcado pelas eleições gerais para presidente da república, governadores, senadores, deputados federais e estaduais, os partidos e pré-candidatos já começam a sonha alto na busca por uma vaga, primeiro como candidato e em seguida, já no processo eleitoral, diante do eleitor, na busca da vaga pretendida. Alta Floresta possui atualmente pelo menos quatro nomes de prováveis candidatos, Romoaldo Junior (PMDB), atual deputado (à reeleição), Edinho Paiva (PR), Rose Tradição (PSC) e a hoje suplente de deputada Maria Izaura (PDT).

No final de semana a reportagem do O Diário conversou com o empresário Edinho Paiva, que afirmou categoricamente que, pelas condições em que foi convidado pelo PR para juntar-se às fileiras do partido, inclusive assumindo a presidência da sigla, sentir-se “candidato nato” à deputado estadual. “Quando me ofereceram a presidência do partido em Alta Floresta, eles já estavam me analisando como um nome bem relacionado na região norte, pra disputar uma cadeira no legislativo, pra ser um pré candidato a deputado estadual, então eu tenho a convicção da minha candidatura, eu tenho a liberdade te falar que eu sou um pré-candidato nato pelo PR e já me mandaram um zap até pra escolher o numero que eu vou disputar em 2018”, sem declarar qual numero escolheu.

Desde que terminou o pleito passado, quando disputou as eleições como candidato a prefeito, o empresário já vem realizando um trabalho de base para mostrar a sua intenção de se tornar candidato a deputado. Além de atuar forte em Alta Floresta, junto a lideranças comunitárias e junto a lideranças politicas, o trabalho foi ampliado na região.

E uma destas reuniões políticas aconteceu com outra “pretensa” candidata, a ex-prefeita Maria Izaura e integrantes do PDT. “Um projeto 2018, já pensando em 2020. A gente sentou, fui bem aceito por todas as lideranças políticas que fazem parte do diretório, principalmente a Maria Izaura, que concorda com a minha candidatura, que é um nome novo, isso eu uvi dela mesmo, tem que colocar meu nome, é um momento de renovação”, relatando que a ex-prefeita, que atualmente está morando na zona rural de Carlinda, que afirmou que “no momento ela não declarou apoio, mas ela deixou bem claro, que ela vai estar em Carlinda, apoiando um candidato a deputado estadual, um federal, se vir a governo ela apoia Pedro Taques novamente, ela não abandona o PDT e disse que independente de sigla partidária, aquele candidato que defender Alta Floresta, ela vai apoiar, mas defender com uma política nova, uma política sem corrupção, uma política honesta com o povo e que traga alguma coisa pelo município”, disse Paiva.

Aventureiro: O empresário, que é pioneiro em Alta Floresta, nas eleições passadas, muitas vezes disse ter sido tratado como um “aventureiro”, mas que aos poucos conseguiu o respeito da população. “Fui taxado como aventureiro, como paraquedista, pessoas maldosas tentando passar por cima de toda a história da família Paiva em Alta Floresta, em Mato Grosso, aos poucos a verdade foi aparecendo, os pioneiros foram lembrando, os políticos atuais foram tirando essa mágoa, eles viram que eu não sou ameaça, eu quero é contribuir com AF, agora eu não posso compactuar com a política errada, eu tenho que defender aquilo que minha família e eu acha que é certo, que é uma política moderna”, afirmou.

2018: Segundo Paiva, a palavra que marcará o ano de 2018 é Esperança e não escondeu o cunho político da avaliação, “o meu desejo é que o nosso estado, o nosso Brasil, o nosso município, saia dessa política que tem, que os políticos que nos representam olhem par as pessoas, olhem pela população, olhem pela nossa cidade de Alta Floresta, que esse governo olhe por nosso Estado, que o eleitor tenha a consciência de que em 2018 a gente pode mudar tudo o que está errado, principalmente o presidente da república, esse governo, a gente possa mudar esses representantes da Assembleia Legislativa de Mato grosso, são 24 deputados, é um espelho da política de Mato Grosso, você vê que mais da metade está envolvida em escândalo, está envolvido em corrupção, enquanto nós temos aqui os regionais de Sinop, Alta Floresta, Guarantã, Peixoto, regional de Colider, não tem atendimento nenhum, você vê que não tem investimento em nada em Mato Grosso, então, eu acredito que em 2018 esses políticos realmente olhem para nossa gente”, analisou, deixando sua mensagem de natal, “desejar um feliz ano novo, a todos altaflorestenses, que 2018 seja um ano de renovação e de muitas vitórias para todos nós”.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top