Últimas Notícias

Apae reúne “Anjos Solidários” para agradecer apoio e prestar contas

APAE (1)

Foi realizado no final da tarde da última sexta feira 17, na sede da escola Alice Augusta de Oliveira (Apae) de Alta Floresta uma confraternização com prestação de contas do grupo Anjos Solidários, grupo idealizado para atender as necessidades básicas da instituição como água, energia, telefone, além da arrecadação para uma reforma da entidade. A confraternização foi marcada pela visita dos colaboradores que puderam visitar e conhecer as novas instalações da APAE, e também por grandes emoções entre os alunos que fizeram uma apresentação emocionante.

Em 2017 apesar das dificuldades a APAE recebeu grande ajuda da população altaflorestense que em parceria com o Anjo Solidários ajudou a manter a entidade de portas abertas, realizando também uma reforma de aproximadamente R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), reformulando toda a estrutura da instituição.

“Com o aumento dos anjos colaboradores se iniciou uma reforma inimaginável na instituição, com colocação de aproximadamente 750 metros de piso, forro, pintura, parte elétrica, construção de banheiros totalmente adaptados, rampas de acesso, troca do telhado por telhas isotérmicas, uma verdadeira revolução aproximando-se de quase 250 mil reais entre dinheiro e matérias, e graças a Deus ano que vem as obras ainda vão continuar com muitas novidades tudo graças aos anjos solidários, então nós da diretoria Apae viemos agradecer a todos os anjos e a toda comunidade altaflorestense e fazer o convite a quem queira se cadastras procurar a Apae ou ligar no 3521 2130 e se tornar mais um anjo na vida de nossas crianças”, destacou Marcelo Weber vice presidente da APAE.

Conforme a idealizadora do projeto Cláudia Travassios o projeto teve início através da observação das dificuldades que a entidade vem enfrentando “esse projeto surgiu da minha ideia e de um grupo de amigas para ajudar a Apae a pagar as contas, a APAE estava em uma situação que não tinha dinheiro pra pagar conta nenhuma e foi aumentando e hoje somos 90 anjos solidários”, o grupo ajuda a manter a entidade com pagamento de contas e até mesmo para reformas e ampliações para melhorar a estrutura da mesma “é melhor falar que aproveitamos as paredes da APAE, o resto todo foi feito”, destacou Travassios.

Em 2018 a entidade receberá um equipamento chamado “Gaiola de Pediasuit” que é usado como um método terapêutico para tratamento de indivíduos com disfunções neurológicas, que surgiu com base em uma roupa criada nos anos 70, por cientistas russos para astronautas. O equipamento está sendo doado à Apae através do projeto Justiça Solidária e será utilizado tanto pelos alunos da instituição, como outras pessoas que necessitam do equipamento no município. O recurso para a aquisição do equipamento já foi repassado para a conta da instituição pelo Juiz de Direito Douglas Romão da comarca de Alta Floresta. O equipamento será implantado na sala de fisioterapia da escola e atenderá as 100 crianças da Apae e também, crianças com necessidades especiais do município.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top