Últimas Notícias

TANGARÁ DA SERRA: Idoso que fez cirurgia na Caravana da Transformação morre no pós-operatório

MKT_9716

Um idoso morreu no início da manhã desta quinta-feira, 19, enquanto aguardava um procedimento pós-operatório na Caravana da Transformação em Tangará da Serra. Ele teve uma parada cardíaca.

Uma testemunha contou que o fato assustou e mobilizou várias pessoas. Ela relatou que não havia equipamentos para reanimar o paciente. “Não tinha o carrinho com desfibrilador e foi preciso levar ele para o hospital pra receber atendimento”, contou.

O Tangará em Foco manteve contato com a organização da Caravana da Transformação e de acordo com a assessoria de comunicação do Estado, que acompanha a Caravana, o idoso, identificado como Relindo dos Santos, fez uma cirurgia de catarata na manhã de quarta-feira, 18, e nesta quinta, quando retornou para fazer o procedimento pós-operatório, passou mal, foi atendido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi encaminhado para a UPA 24 Horas.

“Podia ter sido na casa dele”, falou o socorrista do SAMU que atendeu a vÍtima, pedindo para não ser identificado.

Vale frisar que o SAMU que atende na Caravana não é de Tangará da Serra.

Em nota, o Governo do Estado informou que a morte não teve relação com a cirurgia.

Leia a íntegra da nota abaixo:

O Governo do Estado de Mato Grosso lamenta o falecimento do senhor Relindo dos Santos, de 74 anos, ocorrido na manhã desta quinta-feira (19.10) no município de Tangará da Serra. Relindo aguardava ser atendido no pós-operatório na Caravana da Transformação quando passou mal, foi socorrido e sofreu um infarto fulminante. De acordo com os médicos do Samu, o infarto não teve nenhuma relação com a cirurgia de catarata realizada no dia anterior.

O Governo do Estado informa que Relindo dos Santos esteve na Caravana da Transformação na terça-feira (17) e passou por consulta com a equipe médica que presta atendimento oftalmológico. No dia seguinte, ele passou pelo procedimento cirúrgico sem qualquer intercorrência, foi orientado e liberado às 7h38 pelos médicos. Nesta quinta-feira, o paciente retornou para o exame pós-operatório. Ele chegou ao local da Caravana às 5h27 e começou a passar mal às 5h57. Relindo dos Santos foi socorrido por uma equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que estava de plantão na Caravana. Ele foi levado à Unidade de Pronto Atendimento onde teve um infarto fulminante e faleceu.

O Governo do Estado se solidariza com a família de Relindo e informa que prestará todo o apoio necessário aos familiares neste momento de dor. (Tangará em Foco)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top