Últimas Notícias

Prefeitura de Paranaíta faz recapagem em asfaltos antigos

20170712_082651Da redação

Adeus aos tapa buracos. É com esta expectativa que o prefeito Tony Rufatto ordenou que a sua equipe licitasse e contratasse uma empresa para fornecer material para a recapagem de parte das ruas e avenidas asfaltadas da cidade. A obra é de responsabilidade do poder público, que utiliza máquinas, equipamentos e mão de obra própria, enquanto a empresa fornece material e parte dos funcionários.

“Nós estamos desde a gestão passada fazendo tapa buracos e toda vez que cho9eve os buracos surgem de novo e os gastos que já vinham acontecendo com estas operações são bem elevados, então decidimos fazer um recapeamento de 12 km na cidade”, disse explicando que o recapeamento começou pelas avenidas que ligam ao setor industrial (iniciou em frente à antiga Câmara de Vereadores) e em seguida serão recapeados os as duas avenidas principais saindo do trevo da Polícia Militar. “Primeiro a gente faz a parte central que é onde tem mais aparecido buracos e depois a gente vai dar sequencia naquele asfalto que liga até o hospital, enfim, vai fazer o recapeamento de 12 km dentro da cidade”, afirmou o prefeito comemorando a comodidade à população e a economia aos cofres públicos.

O secretário de Obras, Marcos Franco, também comemorou o fato de que o recapeamento irá gerar economia aos cofres públicos por conta do fim dos tapa buracos nas ruas que receberão o material. “É um investimento pro município, uma qualidade de vida como disse o prefeito”, disse o conhecido Marcão que revelou que o asfalto central é um dos primeiros que foi feito, há mais de 20 anos, no regime de asfalto comunitário, mas que agora estão sendo recuperados pela administração.

Alair Câmera, proprietário da empresa que forneceu o material de asfalto explicou que a função da empresa é “orientar à prefeitura” quanto à realização da maneira correta do recapeamento, além, claro, do material de asfalto disponibilizado. Segundo Câmera, o recapeamento é em concreto asfáltico a frio. “Depois de acabado, ele fica um concreto asfáltico usinado a frio é o que comumente se chama de pré misturado a frio”, explicou.

Segundo Alair Câmera, o recapeamento é chamado de revitalização e já foi experimentado em outras cidades da região norte, como Sinop, com relativo sucesso. “O propósito é fazer uma revitalização com um custo mais baixo, por isso que é diretamente a prefeitura que faz isso”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top