Últimas Notícias

OAB Mato Grosso questiona resolução diminuindo número de zonas eleitorais

jpeg oabA Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso solicitou ao Conselho Federal que ingresse na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pela Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) questionando as resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que tratam do rezoneamento eleitoral. Com base nas novas normativas da justiça eleitoral, em Mato Grosso, somente em Cuiabá, o número de zonas eleitorais passou de seis para quatro. No interior, onde haverá maior impacto, ainda não há uma estimativa de quantas zonas poderão ser extintas.

A medida preocupa principalmente aqueles que atuam nas localidades mais distantes. Diante da situação, o presidente da subseção de Vila Rica da OAB, Rhandell Bedim Louzada, e o secretário-geral da OAB, Ulisses Rabaneda, reuniram-se com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE), desembargador Márcio Vidal, e a seccional mato-grossense decidiu propor ao Conselho Federal o ingresso da entidade questionando a constitucionalidade dos atos normativos do TSE.

O pedido da seccional de Mato Grosso foi apresentado ao Conselho Federal da OAB pelo presidente Leonardo Campos. Ele destaca que a Ordem, como advogada da sociedade, não pode se omitir frente a qualquer medida que coloque em risco a democracia, dificultando o acesso dos eleitores à justiça eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top