Últimas Notícias

Criança tem parada cardiorrespiratória morre após ser atendida no HRAS

Uma criança de apenas quatro meses de vida, (nasceu em 24 de janeiro deste ano) teve uma parada cardiorrespiratória no início da tarde de ontem na creche Laura Vicunha (rua B) aonde estava matriculada, mas foi reanimada por uma equipe do Corpo de Bombeiros que a encaminhou até o Hospital Regional Albert Sabin. Segundo informações levantadas pela reportagem do O Diário, a criança teve que ser entubada e chegou-se a cogitar que ela pudesse ser levada para Cuiabá, já que em Alta Floresta não existem UTIs infantis. No entanto, por volta de 22:30h a criança  não resistiu e acabou falecendo. Segundo informações do diretor do Hospital Albert Sabin, a um grupo de jornalistas, “ele aspirou a mamada, é como afogamento, vai para o pulmão”.

A tragédia, em princípio era tratada como um grande susto. Conforme a reportagem levantou, era início da tarde, por volta das 13 horas, quando as crianças começavam a acordar após o almoço. No entanto a criança, um menino, continuou dormindo, as profissionais então perceberam algo errado e imediatamente acionaram o CB/MT. O primeiro pensamento era de que a criança havia engasgado com o leite da mamadeira, mas no local foi constatada a parada cardiorrespiratória, quando teve início um procedimento de reanimação que obteve sucesso, entubada, a criança foi encaminhada ao Hospital Albert Sabin.
A reportagem tentou conversar com a diretora da escola, Maridilva Oliveira, mas ela afirmou que estava atendendo alguns pais e só poderia dar qualquer declaração à imprensa nesta quarta-feira, 07.

A criança é filha de uma funcionária do próprio Hospital Albert Sabin que atua na área administrativa, ela estaria de serviço no momento em que a criança deu entrada no Pronto Socorro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top