Últimas Notícias

Hospital faz campanha relâmpago de doação após estoque zerar

Hospital regional albert sabinKariny Santos

A unidade de coleta e transfusão de sangue de Alta Floresta, passou o final da última semana momentos de preocupação após o estoque de bolsas sanguíneas praticamente zerar. Nas redes sociais apelos para doações foram realizados por profissionais já que a unidade estava praticamente sem bolsas para atender nem ao menos os pacientes do hospital regional Albert Sabin e muito menos para atender as emergências.

Conforme a responsável pela UCT Leticia Silva o banco de sangue do hospital Regional de Alta Floresta está Precisando de todos os tipos sanguíneos porém a tipagem de sangue O+ está com estoque zerado o que motivou os profissionais a iniciar a campanha com o apelo “compareça até a nossa unidade e nos ajude a salvar vidas. Doar sangue é um ato de amor à vida”, clama a mensagem divulgada nas redes sociais.

Requisitos básicos para doação: Estar em boas condições de saúde; Ter entre 18 e 65 anos; Pesar no mínimo 50 quilos; Estar descansado e alimentado; Apresentar documento oficial com foto;

Impedimentos temporários: Gripe: aguardar 7 dias; Gravidez; 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana; Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses); Ingestão de bebida alcoólica nas 4 horas que antecedem a doação; Tatuagem realizada nos últimos 12 meses; Situações nas quais houve maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis, como não usar preservativo com parceiros ocasionais ou desconhecidos.

Aguardar 12 meses; Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato-Grosso, Pará e Tocantins são estados onde a incidência de transmissão de malária é maior. Quem esteve nesses estados deve aguardar 6 meses. Quem morou, aguardar três anos.

Impedimentos definitivos: Hepatite após os 10 anos de idade; Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças transmissíveis pelo sangue: hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e doença de chagas; Uso de drogas injetáveis; e Malária.}

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top