Capa / Alta Floresta / Mais uma etapa; aduelas do bueiro da “C” foram assentados

Mais uma etapa; aduelas do bueiro da “C” foram assentados

DSC_0184Da Redação

Na terça-feira, 04, a secretaria de obras de Alta Floresta cumpriu mais uma etapa na construção da Galeria Pré-Moldada na Avenida Jaime Veríssimo de Campos – Avenida do Aeroporto (ou avenida “C”), que é a colocação das aduelas que servirão para dar vazão às aguas das chuvas que passam por baixo do asfalto. Em relação ao plano inicial, houve uma alteração na proposta e no lugar de implantar as aduelas sobrepostas, optou-se por uma única peça, segundo o secretário Eloi Luis de Almeida, pelo risco da lagoa ao lado da Avenida do aeroporto “sumir”.

De acordo com Almeida a colocação das aduelas teve que ser modificada a pedido do Prefeito Asiel Bezerra, uma vez que havia o risco de secar a represa e um projeto para a criação de uma área de lazer no local está em tramitação, “se nós colocássemos as aduelas duplas elas iriam drenar a represa e tem um projeto em andamento em Brasília do Ministério do turismo e que e estão torcendo que saia realmente esse recurso e faça aqui um parque aquático com essa represa”, ressaltou.

A obra está sendo feita há pelo menos 20 dias, mas a avenida está interditada há quase dois meses. A concretagem foi realizada do no dia 24 de março e a ‘cura’ do concreto foi de 10 dias, e ontem já pode ser feita a colocação das aduelas. A expectativa é que em 30 dias (dependendo do tempo) todo o trabalho, incluindo a correção no asfalto, esteja concluído e a avenida seja novamente entregue á população.

O lançamento da obra de construção da Galeria Pré-Moldada aconteceu no dia 16 de março na Avenida do Aeroporto, onde o bueiro do lago das capivaras começou a ceder desde novembro de 2016. A via foi totalmente interditada no dia 07 de fevereiro, no trecho entre as Rotatórias de acesso a Avenida Teles Pires e a Perimetral Industrial, por conta do risco de rompimento do bueiro existente naquele local, feito na década de 90 quando o prefeito era o próprio Elói Luiz de Almeida, hoje responsável pela pasta de Obras. No lugar do ‘bueiro tradicional’ estão sendo implantados ‘aduelas’, que são bueiros pré-moldados e uma das suas principais características é a maior durabilidade.

Os moradores daquela localidade, bem como as pessoas que utilizam a via para ter acesso ao Aeroporto Municipal Piloto Oswaldo Marques Dias, tem como via alternativa a Perimetral Industrial, com acesso pelo bairro São José Operário que foi reaberta antes da interdição da via.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top