Últimas Notícias

Som de péssima qualidade dispersa atenção em sessão na Câmara

ilustra_rp_sonoro_7211Dionéia Martins

A cada dois anos a Câmara de Vereadores elege um novo presidente para a casa de leis, e a cada nova gestão o prédio recebe reformas como nova pintura, quebra paredes, troca portas, arruma o forro de gesso, enfim, cada um faz as benfeitorias que lhe é conveniente.

Mas pelo jeito nenhum vereador faz questão de ser ouvido pelos poucos que aparecem para acompanhar os discursos dos legisladores, já que o som da plenário ano após ano continua o mesmo e de péssima qualidade.

Quem comparece semanalmente além da imprensa local, tem dificuldades para entender o que alguns vereadores dizem. Como nem todos tem uma boa técnica em oratória ou uma boa dicção a maioria dos discursos se tornam cansativos e não consegue prender a atenção nem mesmo dos próprios colegas de casa.

Na sessão desta terça-feira, 16, aproximadamente 20 pessoas compareceram a sessão ordinária, 90% destes eram candidatos a vereador e prefeito, no entanto pareciam que não estavam muito interessados no discurso dos vereadores.

No momento em que o vereador Charles Miranda usou a tribuna, a maioria do público presente estavam conversando e alguns vereadores levantaram de suas cadeiras e foram conversar com outro, demonstrando a falta de consideração para com o colega.

As sessões ordinárias acontecem toda terça-feira às 9 horas, e em todas as reuniões em alguns momentos o ouvinte tem que fazer esforço para entender o que o parlamentar está discursando. A torcida é para que haja investimento em um sistema de som de qualidade para que todos possam ser ouvidos com clareza e conforto para os ouvidos dos presentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top