Últimas Notícias

Pimenta do Dia – Segunda Feira

O governador Pedro Taques (PDT) nomeou na sexta-feira mais dois militantes políticos para cargos de segundo escalão. Com a medida, ele passa a atender indicações de aliados deixando um pouco de lado o perfil técnico tão exigido no início da gestão.

 

O ex-vereador por Cuiabá, Augusto César Taques de Albuquerque (PSDB), ocupará a susperintedência de Transferência de Renda na secretaria de Trabalho e Assistência Social. Ele atuou na coordenação de mobilização da campanha vitoriosa de Pedro Taques ao palácio Paiaguás no ano passado.

Já o professor universitário Elias Alves de Andrade foi nomeado para uma assessoria especial na secretaria de Ciência e Tecnologia.

Segundo apontado pelo MCCE, Augusto César Taques de Albuquerque foi denunciado por empregar parentes no gabinete, até mesmo a babá de sua filha recebia dos cofres públicos e agora “mereceu” cargo político no governo.

Augusto Taques foi condenado em novembro passado pela juíza auxiliar da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular, Célia Regina Vidotti, a devolver aos cofres públicos todo o salário recebido indevidamente, através de atestados médicos falsos, quando era vereador entre o ano de 1997 e 2000. Além disso, TX também foi condenado a perda dos direitos políticos pelo período de 5 anos e proibição de contar com o poder público ou receber incentivos fiscais, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top