Últimas Notícias

Pimenta do Dia – Segunda Feira

O decreto de n° 04/2015, assinado pelo governador Pedro Taques tem como objetivo a recomposição do equilíbrio financeiro-orçamentário da administração pública, é o que consta da explicação do próprio governador, após mandar suspender todos os pagamentos de fornecedores por 90 dias, além de suspender mais de duas mil contratações de servidores e também o concurso público para empossar novos servidores. Taques quer implantar um “choque de gestão”… tem muita gente chocada com as primeiras atitudes.

Mas há outra polêmica a vista, tratam-se das OSs, as Organizações Sociais, que foram contratadas no governo passado para gerenciar hospitais regionais, inclusive o de Alta Floresta. Não deu certo, a sociedade se contrapôs às organizações sociais e o estado de Mato Grosso reassumiu o comando do HRAF e de outras unidades. Agora, o novo secretário de saúde, contrariando o que Taques pregou em campanha, já acena em dar continuidade ao modelo de gestão por OSs, que como já dito, não deu certo. Será?

Só para registro, as OSs na saúde foram implantadas pelo ex-secretário de Saúde e ex-deputado Pedro Henry, um dos condenados no processo do Mesalão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top