Capa / Artigos / Tiro e Queda Quarta Feira

Tiro e Queda Quarta Feira

Quarta Feira, 17/12/2014 – Não há como ser diferente, quem acompanhar pelas redes sociais as atividades de enchimento do lago da Usina Teles Pires, no rio homônimo, com certeza irá se emocionar. É que começou a verter água das comportas o que significa dizer que, em poucos dias, o lago já estará completamente formado.

E porque isto é tão importante para nós? Simples, a região de Alta Floresta e Paranaíta (principalmente) experimentaram uma nova condição que antes não se via. Houve inegável crescimento populacional (só o IBGE não viu), melhoras significativas na qualidade de vida de muitas famílias, aumento de emprego e renda, a vinda de gente de outras regiões, maioria com espirito de crescer e desenvolver e todos nós ganhamos.

Claro que nem tudo são flores. Houve uma demanda excessiva em serviços públicos que o poder público não estava preparado para dar respostas, seja no âmbito municipal ou estadual, e sofremos (e estamos sofrendo) com isto. Mas a iniciativa privada também não conseguiu em muitos aspectos atender a demanda de gente que circula pelo comércio. Um exemplo, neste final de ano, é que em alguns comércios, faltam até gêneros alimentícios, prova de que nem todos estavam preparados para tanta gente. Temos o avanço das drogas, da prostituição, aumento da criminalidade, aumento de acidentes.

Tem uma frase que é muito emblemática, “casou com viúva, leva os filhos também”. Se queremos o progresso, precisamos saber que teremos os problemas que o progresso gera, ou seja, as mazelas sociais. Cabe ao poder público ir atendendo, à medida do possível, com a maior capacidade possível, à população fixa ou itinerante.

E não pense que para por aí. Com o enchimento dos lagos, muita gente que estava na obra já deveria estar indo embora, só que não. Com a Usina São Manoel, esta mão de obra será aproveitada ao máximo. Tem ainda as usinas (três) da Quebec e a própria linha de transmissão, sem contar em outras obras de fortalecimento regional, como a ampliação do aeroporto que deve acontecer muito em breve e as inúmeras edificações da iniciativa privada.

E Alta Floresta e região vão vivendo este sonho de crescimento, como nunca se viu. E o que melhor representa este crescimento, sem qualquer “pingo de duvida”, é mesmo a água vertendo pelas comportas da Usina Hidrelétrica Teles Pires, que graças á tecnologia, podemos acompanhar através da internet, como se estivéssemos com a janela de nossas casas abertas na direção do lago da CHTP.

E, sem medo de errar, a Usina Teles Pires será, para toda a região, um “divisor de águas”.

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top