quinta-feira , julho 19 2018
              
Últimas Notícias
Capa / Gerais / Tiro e Queda

Tiro e Queda

Ontem o eleitor de Alta Floresta foi às urnas para eleger seus representantes para os próximos quatro anos. E o foco maior ficou mesmo para a disputa às vagas na Assembleia legislativa.

Apesar de ficar apenas com a segunda maior votação em Alta Floresta, o deputado Romoaldo foi o grande vencedor das eleições. Os 8.905 votos que obteve ajudaram-no a obter mais de 41 mil votos colocando-o como o 5º mais votado entre os 24 eleitos.

A ex-prefeita Maria Izaura Dias Alfonso, fez 10.144 votos, que apesar da votação expressiva, foram insuficientes para alcançar uma das 24 vagas na Assembleia Legislativa. Pelas primeiras projeções (ainda não são dados oficiais) ela ficaria com a 2ª suplência em sua coligação. Não dá pra dizer que Maria Izaura saiu derrotada nestas eleições, já que demonstrou ter uma capacidade de votos significativa.

Agora, o grande perdedor destas eleições é mesmo o deputado Ademir Brunetto, do PT, que teve uma atuação pífia nas eleições, fruto, quem sabe de sua atuação igualmente pífia na Assembleia em defesa de Alta Floresta.

Brunetto teve 1.445 votos, quase perdeu pro Nininho, que é da região sul, mas que concentrou parte de sua campanha em Alta Floresta. Se confirmadas as projeções, Brunetto terá que se contentar com uma suplência à deputado estadual.

A derrota de Brunetto é tão significativa, que por si só já deveria ser suficiente para que o político revesse algumas de suas posições, sempre autoritário e com jeito de “sabe tudo”.

Em Paranaíta, outro município que sempre lhe garantiu boas votações, o petista ficou apenas com a quarta posição, muito atrás do terceiro colocado, o candidato Botelho, 618 contra 286.

Ademir Brunetto perdeu também em Carlinda onde teve 204 votos, perdendo a terceira posição para Dal Bosco com 354.

O grande problema de Ademir Brunetto, ao meu ver, foi a entrada de Maria Izaura da disputa, de quem foi parceiro durante os 8 anos em que Mida foi prefeita de Alta Floresta. Sem o apoio que imaginava ter, Brunetto ainda viu seu “ex-fiel escudeiro” vereador Rogério debandar para o lado de Valdir Barranco, candidato de Nova Bandeirantes, cujos votos ficaram “congelados” até que saia o resultado de sua impugnação pelo TRE.

Ou seja, Brunetto, que sempre foi acusado de trair seus parceiros, deixando quem não servia aos seus propósitos, no meio do caminho, acabou sendo picado pelo próprio veneno que sempre destilou e acabou ficando para trás.

Não dá pra dizer que Brunetto e Maria Izaura morreram abraçados na praia, porque, se eu conheço bem o petista, por um bom tempo, é bom que Mida não passe nem na frente do ex-companheiro e atual provável desafeto (considerando como sempre agiu o quase ex-deputado).

Sobre admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top